Segunda-feira, 13 de Junho de 2016

Distância

Falávamos todos os dias de sorriso no rosto. Não havia compromisso nem podia haver, apenas a vontade de falar um com o outro.
Sendo pessoas físicas, sabíamos que, com o tempo, viria a vontade de estarmos ainda mais juntos, mas também sabíamos que era impossível.
Um problema que seria resolvido mais tarde.
Só não sabia que iria interferir com a vontade inicial de falar.

Quando surgiu a possibilidade de darmos um abraço, fui às nuvens: não estava em mim. Quando surgiram impossibilidades da minha parte e pela primeira vez faltei, fui ao fundo. Custou-me imenso não sentir o seu corpo, mas mais ainda não sentir o seu "calor" nas conversas. Não dava para ir sem nos pormos em risco, e mais do que em mim, pensei nela. Não o poderia fazer. Ela não entendeu e arrefeceu, mas com o tempo passou.

Aproveitei estes 3 dias para viajar, algo que faço regularmente, algo normal como estar em casa. Foi motivo para me deixar de falar. fui ter com ela, mas não obtive resposta. Diz que não queria atrapalhar. Atrapalhar o quê? Ou melhor, qual a diferença do que fazemos diariamente? Falámos, disse que estava normal e arrefeceu ainda mais, mas com o tempo não passou.

Hoje voltou a não dizer nada. Não vou insistir e ser eu a voltar a falar no assunto para "ouvir" que está tudo bem quando não está.
Já sabiamos que a distância física seria uma constante, mas não esta distância.
Custa não falarmos como antes. Tenho imensas perguntas e vontade de contar variadíssimas coisas, mas tenho que esperar que isto lhe passe pois não posso fazer nada.. espero que passe..

couple-holding-hands-long-distance-relationship.jp

 

 

publicado por artista-magico às 16:15
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Maio de 2011

Perdi

Custa ter perdido uma namorada. Custa muito mais quando se sabe que se perdeu também a pessoa que sabemos que era a certa. Mas nada custa como, para além de tudo isto, ter perdido a nossa melhor amiga.

Possivelmente foi um erro ter condensado na mesma pessoa estas três condições, mas não pensava em perder nenhuma delas.

Simplesmente já não sei nada dela, nem ela nada de mim. Possivelmente já seguiu a sua vida e encontrou outra pessoa em quem pode confiar, que a faça rir e com quem pode sempre contar.

Eu sei que fui o seu mundo, mas começo a aperceber-me que já não sou nada.

Queria ter continuado com a minha melhor amiga mesmo tendo perdido a minha namorada, mas se há coisa que a vida me tem ensinado é que as coisas não correm como desejado.

Sinto a sua falta...

E depois surgem noites como esta, noites de lua cheia, em que olhávamos pró céu e sabíamos que estava a outra pessoa do outro lado.

Hoje peguei na guitarra e cantei de lágrimas nos olhos a música que me tem acompanhado:

 

Mas pela primeira vez senti-me sozinho.

 

sinto-me: sozinho. Sinto que acabou tudo
publicado por artista-magico às 03:27
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Março de 2011

Primeiro fim-de-semana sem ela...

No início da tarde voltarei para junto de todos aqueles que me querem. Já lá vão 3 semanas desde a última vez, como tem sido hábito das ultimas vezes, e as saudades são mais que muitas! Apesar de todas as saudades de familiares e amigos, pela primeira vez vou entrar naquele avião sem a mesma vontade. Há algo diferente. Hoje não vou estar ansioso para que não haja atrasos - Os atrasos faziam com que chegasse mais tarde e chegar tarde implicava que diminuísse a probabilidade de estar com ela.

Mas hoje não vou estar com ela.

Pela primeira vez, sei que não a tenho à espera.

Não sei como vai ser. Tenho tantas saudades de a ter nos meus braços. Que ela queira estar nos meus braços. Como queria que ela viesse ter comigo, me olhasse nos olhos e me tocasse mais uma vez, me deixasse senti-la, vê-la. Como queria estar enganado e não ser o primeiro fim-de-semana sem ela..

sinto-me: com o coração pequeno...
publicado por artista-magico às 10:14
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Domingo, 6 de Março de 2011

É o fim...

Não acabámos com um sorriso. Não me explicaste o porquê de tudo ter mudado, só me disseste que te sentes bem assim, sozinha, sem mim, e sinto que nunca vou entender. Digo-te que preferia ter acabado a mal, com gritos, choros, com qualquer motivo que puzesse um ponto final, ou então preferia viver o resto da vida a achar que me amavas mas que não dava por algo de errado, algo que não te deixava. Assim, só sei que não fui o suficiente para ti ao ponto de preferires desistir de lutar.. de preferires ficar sozinha do que com alguém como eu.
Não consigo ainda acreditar. Sabes, parece que se trata de um pesadelo e que apesar de estarmos tão perto, é como se estivesse ainda a 500km e que no próximo fim-de-semana que vier estará tudo bem, que vais aparecer com o mesmo sorriso que voltavas sempre. É o que me parece, mas sei que não é o que vai acontecer. É que não consigo imaginar a minha vida sem ti.
Não consigo perceber como que o "vou-te amar para sempre", "és único", "és o amor da minha vida", "és a minha paixão louca e especial" e todas as outras certezas tenham desaparecido em apenas um mês. Talvez nunca o vá perceber. Não percebo como é que não me queres mais nos teus dias.. na tua vida.. Não percebo como já não queres as nossas noites, como já não queres o meu abraço apertado antes de adormeceres ou como já não desejas o desejo das minhas mãos.. Como já não sou como o tal "Gerry" que tinhas dito no teu penúltimo post. Posso não ter sido sempre a melhor pessoa mas foi porque nunca pude ser eu mesmo, e tu sabes bem disso.

É certo que esse teu novo mundo é empolgante. Estás a "recomeçar", a conhecer nova gente, novas possibilidades, novas diversões, mas nunca me deste a oportunidade de fazer parte desse mundo, de conhecer os teus amigos, de ir contigo para uma discoteca, para um bar. Havia sempre algo que não o permitia e agora que tens essa oportunidade não o queres comigo. É certo que mudou muita coisa e que foste cativada por este novo estilo de vida mas digo-te, toda a gente precisa de amor um dia e tenho pena que não queiras que seja eu essa pessoa. E digo-te, este teu novo mundo seria muito melhor comigo, com alguém que quer estar contigo não porque és linda e graciosa, mas porque te ama por quem és. Sinto que te esqueceste como gostavas de estar comigo, mas eu continuo o mesmo... "separámo-nos" porque disseste que devia ir estagiar para longe, que era bom para o nosso futuro, que o nosso amor era forte e resistiria a tudo, que toda esta situação era uma uma fase, que depois teriamos toda a vida juntos...

Não vou fazer o mesmo que o teu ex-namorado nos fez.. não te vou atrapalhar porque acima da minha felicidade, quero que tu sejas feliz, e se este é o caminho que dará sentido à tua vida, tenho que o aceitar. Será duro. Será duro passar os dias sem as tuas mensagens, sem o desejo que tinhamos por loucura. Será ainda mais duro saber que a vida não volta atrás e que não nos vamos casar, que não vamos acordar juntos todas as manhãs, que não vamos ter filhos e que será toda uma vida sem ti. E que depois desta já não haverá mais nada e nunca mais terei a hipotese de passar os meus dias contigo. Sei que seguiremos as nossas vidas, com outras pessoas, que até poderemos vir a ser felizes, mas não será o mesmo.
Gostava de ter tido uma oportunidade a sério. Gostava de ter tido um último abraço sentido. Gostava de te ter dado um último beijo e saber que seria o último. Ter tido noção do último "amo-te". Minto, gostava que nunca nada fosse a última e que não tivesses dito aquelas palavras. Que não as sentisses. Que esta história não tivesse tido um fim!
Será uma vida sem a minha Sabrinas e tu sem o teu artista-magico, um vazio. Sei que como não temos muitos amigos em comum para nos cruzarmos e que se não lutar por ti que é o fim, mas pelas tuas palavras tu não queres que lute mais.. por isso não o vou fazer então.. e com a maior dor que alguma vez senti acho que... é o fim.

Amo-te Sabrinas. Do teu.. para sempre, artista-mágico

sinto-me: sozinho.. Sem a minha Sabrinas
música: João Só - A Marte
publicado por artista-magico às 13:33
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011

Coisas que gostava que soubesses #7


(Acho que não são precisas palavras, a imagem já reflecte muito daquilo que sinto...)

 

sinto-me: cada vz + longe do sonho. ='(
música: Jorge Palma - "Terra dos sonhos"
publicado por artista-magico às 23:57
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010

Primeiro fim-de-semana sem ti

Este será o fim-de-semana em que vou cair em mim. O fim-de-semana que vou aperceber-me que estou mesmo sozinho. Sei que, se sei como vai ser, já o poderia sentir na pele, mas há sempre aquela esperançazinha que surja um furacão e que misture todas as peças do jogo a meu favor! Pelo que só depois de acontecer é que sentirei a dor

Há um mês e meio que não estou mais de 1hora com ela. Que não estamos bem. E agora só estarei perto dela 2 dias.

Tem um jantar num deles e um aniversário de uma amiga noutro. Se estivesse tudo bem até poderia marcar coisas com os meus amigos e deixá-la ir sozinha sem problema. Mas não estão. Tal como há um ano atrás não estavam, quando também foi sem mim e me prometeu que este ano já iria como seu namorado. Um ano passou e diz-me que prefere ir sozinha. Se me ama como é possível dizer-me isto? Como é possível não cumprir as promessas?? Se soubessem que namorávamos e que só nos viamos ao fim-de-semana de certeza que diziam pra eu ir também! Se lhes explicasse e falasse de mim com amor não se importariam que fosse acompanhada!! Era a oportunidade de vivermos o Natal.. passar pelo Porto, pelas ruas enfeitadas de mãos dadas, de me apresentar finalmente às suas amigas, de brincar, de ser feliz, de amar! Só que em vez disso disse-me que não tinha lógica eu ir com ela e depois vir de Braga sozinho! Não tinha lógica aproveitarmos algo magico e depois fazer 120km sozinho pra vir embora... quando mais de 1100 sozinho só para a ver. Este Fim-de-semana vou-me aperceber...

sinto-me: a deixar de ser artista-mágico
publicado por artista-magico às 10:48
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

Foram "Dias contigo"... Vivi "os melhores dias da minha vida"

Este Blog foi criado para relatar os nossos últimos dias juntos. Sabia que seriam 2 ou 3 semanas até partires.. mas o que é certo é que ainda durou 9 meses, por isso não posso recriminar-te. Sabia que um dia iria mudar o título, mas com o passar do tempo comecei a acreditar que isso poderia a não vir a acontecer. Adiei a minha derrota, vivi muitas vitórias, mas perdi.

Eu soube que era mesmo o fim quando me expulsaste do teu carro e me deixaste pra trás a chorar sem te importares.. mas ainda assim insisti e voltei atrás de ti, só que não cedeste. Achas que não dá, que não queres, e eu apenas queria que fizesses de mim teu namorado. Mas parece que não é compatível com a tua vida.. que é o facto de teres que estudar que não te permite namorar.

Queria dizer tanta coisa... chorar todos os sentimentos aqui. Toda a tristeza, toda a revolta, toda a dor e sofrimento da minha alma sozinha. Mas em vez disso vou guardar para mim e agradecer-te por todos estes meses. Apesar de nunca vir a entender, sei que estás melhor assim sem mim senão terias voltado atrás. E sem mim, espero que voltes a sorrir.. que te divirtas nos fins de semana de amigos e que estudes durante a semana para atingires os teus objectivos. Que encontres na tua única vida alguém que nunca sejas capaz de deixar e que te ame pelo menos metade do que te amo. Alguém que te faça surpresas..

Não te desejo nem desejarei nada de mal. Sê feliz.. Sabrinas.

publicado por artista-magico às 23:56
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2010

Fiz tudo o que podia ter feito.

 

*Se me queres na tua vida encontra uma maneira de me pôr lá. Parei de tentar

 

publicado por artista-magico às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 5 de Dezembro de 2010

Dias sem ti

 

Podes saber o que estou a sentir mas não sabes o que é senti-lo..

 

 

Esperei que me ligasses.. pois tu sabias que estava mal, que a minha vida nunca esteve desta forma, mas nem como amiga fizeste a chamada.. não sei o que tens de mais importante que um "amigo" que precisa de ti.. é mesmo triste passar de tudo a nada..

 

sinto-me: a desacreditar...
publicado por artista-magico às 23:58
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 4 de Dezembro de 2010

Sábado diferente...

 

Isto era o que poderia ter:

Mas em vez disso tenho isto:

 

 

 

sinto-me: a ver destruíres o k tínhamos
publicado por artista-magico às 23:34
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Distância

. Perdi

. Primeiro fim-de-semana se...

. É o fim...

. Coisas que gostava que so...

. Primeiro fim-de-semana se...

. Foram "Dias contigo"... V...

. Fiz tudo o que podia ter ...

. Dias sem ti

. Sábado diferente...

.arquivos

. Setembro 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds