Sexta-feira, 13 de Maio de 2016

Sexta

Hoje seria mais uma das nossas sextas!!!

Good-night-turned-into-a-disaster.jpg
(Agora como são outros tempos, talvez noutro sítio, talvez de outra forma, ou então não...! A unica certeza que tenho é que independentemente de tudo, seria mais intenso!)

publicado por artista-magico às 23:00
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Maio de 2016

Sexta!

Ao início, este era o dia em que, com sorte, a veria! Era sempre um nervoso em que me aprontava na incerteza, mas a mínima hipotese era mais do que suficiente para me preparar para a abraçar!
Ela tinha alguém e encontravam-se ao fim de semana. Eu era o outro e apesar de ser errado para mim era o certo. Eu queria aquele momento mais que tudo na vida. E ela também, eu sentia-o ao passar a mão na sua pele, aquela energia... Só a via ao final da noite, depois de estar com ele ou com os amigos. Era uma espera que dava cabo de qualquer sistema nervoso!
Depois? depois era aproveitar cada minuto como só nós sabíamos, até aquele momento em que me dizia pela 10ª vez que tinha que ir embora (sem nunca ter ido antes).
Levava comigo o seu cheiro e o seu sabor. Demorava imenso a adormecer com a excitação... um sorriso nos lábios, umas marcas no corpo e um sentimento de que era a pessoa certa.

20aa4fef35fb558e4a7d367db9ffafe1.jpg

Hoje voltará mais uma vez para os braços do seu companheiro mas ao fim da noite não a verei. Não sei que emoções irá sentir, mas quero acreditar que, como da primeira vez,  ao fim da noite sentiria muito mais.

publicado por artista-magico às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito (2)
|
Sexta-feira, 29 de Abril de 2016

Resposta

Ainda me encontro "abananado" pelo teu retorno. Não estava à espera.....


Tenho que deixar a minha resposta, pois como disseste foi grande história! O final, ou ausência do motivo para não continuar é que ainda não percebi... por muito duro que seja penso que passados 5 anos aguentaria. Já foi, ultrapassámos esse ponto mas é algo que ficou. Algo que só tu sempre soubeste e que eu nunca saberei a não ser que o reveles.


E já passaram 5 anos... tanto tempo! Ao início ansiava para não te encontrar no supermercado, na rua, etc. Depois apercebi-me que apesar de vivermos na mesma cidade não nos veríamos. Quase só nos tinhamos os dois em comum.

As poucas que te vi foi à noite e não eras em nada a "minha sabrinas". Não te reconhecia com aquela presença, tinhas mudado em tão pouco tempo e confesso que não te queria ver. Como dizem: "longe da vista, longe do coração". Só assim conseguia seguir, não sabendo nada de ti. Confesso que até tirei as notificações do facebook e que ainda hoje não as repuz ( ia espreitando de quando em vez para ver se estava tudo bem contigo)

 

Também já não me recordo como e porquê voltámos a falar por chat. Soube bem o retorno escrito, mas foi igualmente estranho pois não conhecia aquela frieza do "xau beijinhos" desse teu lado. Só conhecia o lado quente que nesses dois anos tinha esfriado. Ainda tentei lutar contra a maré mas já te saia natural e nada podia fazer.
Entretanto, nessas conversas, vi que estavas sem objectivos, perdida, um pouco vazia apesar de aclamares que estavas feliz da vida e enamorada. Aquele brilho que reconhecia estava a apagar-se com a rotina e tentei puxar por ti (Tinhas e tens tanto para dar!). Sabia que devia ser o teu novo amor a fazer, e que se fosse eu a fazê-lo seria ele que teria a melhor parte de ti e eu não, mas não te podia deixar assim e incentivei-te a recomeçar um blog. Um novo, algo que fazias tão bem e que poderia levar-te a alcançar alguns dos teus sonhos. Só posso dizer que o que veio daí me deixou extremamente orgulhoso!

 

Lembro-me da festa que falas, ainda foram algumas as festas que o meu olhar se cruzou com a tua presença. Eram raras as vezes mas parecia iman! Porém virava logo o meu Norte como se fosses uma tentação.. Lembro-me de um concerto que nem era na nossa cidade e nem me interessava muito a banda. Falámos por causa de uma amiga tua e era um pretexto para te voltar a cumprimentar. No meio de milhares, a pedir aos meus amigos para dar umas voltas no recinto, lá te consegui ver, com ela e com o teu namorado. Tu não me viste. Foi estranho e não fui.

 

 

No casamento do casal amigo foi então pior. As tentativas de cumprimentar ali se concretezariam de certeza, e assim foi, anos depois. O arrepio gélido foi mutuo. Tanta coisa que poderia ser dita mas ali estávamos nós, cada um com o seu par. Tanto para dizer mas eles não sabiam de nada nem iriam perceber. Ficámos como se fossemos apenas conhecidos aos seus olhos. Nos meus observáva-vos pelo canto... até que em voz alta disseste que estavas noiva. Não me sentia bem ali. Não me senti bem em estar noutra mesa. Não me senti bem em ver-te a dançar com outro rapaz. Não me quis despedir e saí sem veres, porque percebi que ali é que estava o fim que tanto procurava.

 

Começámos a falar mais vezes. Como se desde sempre tivessemos sido amigos. A falar dos nossos futuros casamentos, luas de mel, filhos... tudo isso cada um por sua conta. Como era possível se nunca tinhamos feito planos os dois? Quem eram aqueles? Pareciam duas histórias inventadas à pressão, floreadas mas sem ponta por onde se lhe pegasse.... antigamente bastava uma pontinha para desbravar mundo sem pensar em planos e consequencias.

 

Tu disseste que te ias casar e acabei por casar até antes, ironia do destino. Não sei o que responder ao teu último parágrafo, mas custa-me saber que só temos uma vida e nunca saberemos o que é o certo.

 Hoje estamos bem um com o outro e apercebi-me que prefiro te ter no meu dia a dia do que não ter. É um gosto começar o dia contigo.

reencontro1.jpg

 

publicado por artista-magico às 15:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Março de 2011

Primeiro fim-de-semana sem ela...

No início da tarde voltarei para junto de todos aqueles que me querem. Já lá vão 3 semanas desde a última vez, como tem sido hábito das ultimas vezes, e as saudades são mais que muitas! Apesar de todas as saudades de familiares e amigos, pela primeira vez vou entrar naquele avião sem a mesma vontade. Há algo diferente. Hoje não vou estar ansioso para que não haja atrasos - Os atrasos faziam com que chegasse mais tarde e chegar tarde implicava que diminuísse a probabilidade de estar com ela.

Mas hoje não vou estar com ela.

Pela primeira vez, sei que não a tenho à espera.

Não sei como vai ser. Tenho tantas saudades de a ter nos meus braços. Que ela queira estar nos meus braços. Como queria que ela viesse ter comigo, me olhasse nos olhos e me tocasse mais uma vez, me deixasse senti-la, vê-la. Como queria estar enganado e não ser o primeiro fim-de-semana sem ela..

sinto-me: com o coração pequeno...
publicado por artista-magico às 10:14
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Março de 2011

Coisas que gostava que soubesses #13

Eu sei que tinha dito que iria parar com estes posts... mas ainda é mais forte do que eu. Eles irão parar, mas com o tempo.. com a falta de resposta, com a falta de interesse, com a falta de ti.

Hoje vou para a Serra Nevada. Vou recomeçar a viver o momento de forma louca(Era isso que fazia com que tivesse brilho e sei que me perdi). Ontem surgiu o convite, e apesar de ser na véspera, não conhecer bem as companhias, não ter roupa, não ter comer, não ter as coisas prontas nem tempo para a fazer: aceitei. Estava farto de olhares de desilusão por nunca aceitar, de arranjar desculpas acabando por ficar em casa a perder toda a diversão. Vou lá passar o fim-de-semana. Vou passar duas noites de serra e dois dias a fazer ski.

Sabes... já consegui meter na cabeça como as coisas são e como vão ser, mas ainda falta no coração. Assim que decidi ir, bateu cá dento a saudade e o meu primeiro pensamento foi directo para o dia em que prometi que te levaria ver a neve. Lembro-me do teu sorriso quando to disse, e acedita que gostava de o ter cumprido. Com toda a certeza que quando lá chegar vou imaginar as tuas caretas, o teu jeito de resmungar por causa de te estares a molhar, por estares com frio e porque não te disse isto e aquilo. Vou imaginar o teu beicinho e brincadeiras.

Depois talvez me aperceba que não estás lá.. que nao me vais dizer nada.. mas apesar de tudo... e como sempre tem sido, mesmo que não te faça sentido também desta vez: levo-te comigo.

 

 

sinto-me: a tentar retomar a minha vida
publicado por artista-magico às 15:00
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 6 de Março de 2011

É o fim...

Não acabámos com um sorriso. Não me explicaste o porquê de tudo ter mudado, só me disseste que te sentes bem assim, sozinha, sem mim, e sinto que nunca vou entender. Digo-te que preferia ter acabado a mal, com gritos, choros, com qualquer motivo que puzesse um ponto final, ou então preferia viver o resto da vida a achar que me amavas mas que não dava por algo de errado, algo que não te deixava. Assim, só sei que não fui o suficiente para ti ao ponto de preferires desistir de lutar.. de preferires ficar sozinha do que com alguém como eu.
Não consigo ainda acreditar. Sabes, parece que se trata de um pesadelo e que apesar de estarmos tão perto, é como se estivesse ainda a 500km e que no próximo fim-de-semana que vier estará tudo bem, que vais aparecer com o mesmo sorriso que voltavas sempre. É o que me parece, mas sei que não é o que vai acontecer. É que não consigo imaginar a minha vida sem ti.
Não consigo perceber como que o "vou-te amar para sempre", "és único", "és o amor da minha vida", "és a minha paixão louca e especial" e todas as outras certezas tenham desaparecido em apenas um mês. Talvez nunca o vá perceber. Não percebo como é que não me queres mais nos teus dias.. na tua vida.. Não percebo como já não queres as nossas noites, como já não queres o meu abraço apertado antes de adormeceres ou como já não desejas o desejo das minhas mãos.. Como já não sou como o tal "Gerry" que tinhas dito no teu penúltimo post. Posso não ter sido sempre a melhor pessoa mas foi porque nunca pude ser eu mesmo, e tu sabes bem disso.

É certo que esse teu novo mundo é empolgante. Estás a "recomeçar", a conhecer nova gente, novas possibilidades, novas diversões, mas nunca me deste a oportunidade de fazer parte desse mundo, de conhecer os teus amigos, de ir contigo para uma discoteca, para um bar. Havia sempre algo que não o permitia e agora que tens essa oportunidade não o queres comigo. É certo que mudou muita coisa e que foste cativada por este novo estilo de vida mas digo-te, toda a gente precisa de amor um dia e tenho pena que não queiras que seja eu essa pessoa. E digo-te, este teu novo mundo seria muito melhor comigo, com alguém que quer estar contigo não porque és linda e graciosa, mas porque te ama por quem és. Sinto que te esqueceste como gostavas de estar comigo, mas eu continuo o mesmo... "separámo-nos" porque disseste que devia ir estagiar para longe, que era bom para o nosso futuro, que o nosso amor era forte e resistiria a tudo, que toda esta situação era uma uma fase, que depois teriamos toda a vida juntos...

Não vou fazer o mesmo que o teu ex-namorado nos fez.. não te vou atrapalhar porque acima da minha felicidade, quero que tu sejas feliz, e se este é o caminho que dará sentido à tua vida, tenho que o aceitar. Será duro. Será duro passar os dias sem as tuas mensagens, sem o desejo que tinhamos por loucura. Será ainda mais duro saber que a vida não volta atrás e que não nos vamos casar, que não vamos acordar juntos todas as manhãs, que não vamos ter filhos e que será toda uma vida sem ti. E que depois desta já não haverá mais nada e nunca mais terei a hipotese de passar os meus dias contigo. Sei que seguiremos as nossas vidas, com outras pessoas, que até poderemos vir a ser felizes, mas não será o mesmo.
Gostava de ter tido uma oportunidade a sério. Gostava de ter tido um último abraço sentido. Gostava de te ter dado um último beijo e saber que seria o último. Ter tido noção do último "amo-te". Minto, gostava que nunca nada fosse a última e que não tivesses dito aquelas palavras. Que não as sentisses. Que esta história não tivesse tido um fim!
Será uma vida sem a minha Sabrinas e tu sem o teu artista-magico, um vazio. Sei que como não temos muitos amigos em comum para nos cruzarmos e que se não lutar por ti que é o fim, mas pelas tuas palavras tu não queres que lute mais.. por isso não o vou fazer então.. e com a maior dor que alguma vez senti acho que... é o fim.

Amo-te Sabrinas. Do teu.. para sempre, artista-mágico

sinto-me: sozinho.. Sem a minha Sabrinas
música: João Só - A Marte
publicado por artista-magico às 13:33
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Março de 2011

O meu último pedido

Foi por esta altura que te vi pela primeira vez. Vi-te ao longe mas logo reparei que a tua luz era diferente das restantes. Reparei nas tuas sabrinas. Reparei no teu rosto! Toda tão simples e tão linda. Andei semanas para me meter contigo e o coração ficava pequeno sempre que não ias assistir aos jogos. Agora, dois anos depois, depois de vivermos coisas que nunca pensei viver, experiências e sentimentos que desconhecia e com vontade de finalmente te levar para conhecer o mundo de forma feliz, peço-te que, se ainda há esperança, mo digas a olhar para os meus olhos, pois preciso de rever a Sabrinas! Mas.. se já não queres as minhas mãos malucas, os meus abraços apaixonados, o meu perfume na tua roupa, os nossos encontros fugases, o sexo contra a parede, o meu amor especial.. Se não sou o artista-mágico que queres para a tua vida, diz-me também.. Se não sou eu escuso de estar a insistir em sê-lo... seguimos os nossos caminhos.. as nossas vidas um sem o outro.. Mas uma ou outra coisa diz, nos meus olhos, este fim-de-semana.. é a última coisa que te peço: Dá esperança ou um fim à nossa história. 

 

 

sinto-me: a ñ t querer perder pra sempre
publicado por artista-magico às 01:47
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|
Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010

Fim-de-semana

Deitei-me cedo na sexta para adormecer e não sentir o tempo passar. Acordei com um telefonema. Não sabia as horas, só sabia que era ela a ligar-me. Desejei não atender mas eu amo-te.. podia ter acontecido algo, era impossível não o fazer, e atendi! Do outro lado disseste-me que estavas à minha porta e que me querias dar um abraço. Confesso que não estava a perceber.. era a mágoa, o sono, tudo misturado.. e começei a falar de nós e das chatices. Quando já estavas para desligar, cedi! Apesar de tudo não podia deixar de te ver!!

Desci as escadas, abri-te o portão e tu vieste até mim. Como sempre fizeste o que não estava à espera: sem palavras, deste-me um abraço do qual ainda hoje sinto o carinho! Foi um abraço de quebrar barreiras.. um abraço de fazer chorar por sentir que é aquele que quero para toda a vida!! O abraço.

Era capaz de ter ficado ali horas.. mas pelo meio encontrámos-nos face-a-face. Demasiado perto para resistir. Tocámos os lábios como se fosse o nosso primeiro beijo. Pequenos movimentos como se nos estivessemos a explorar pela primeira vez. Sabia a descobrimentos! Mas provei a língua, quis descobrir tudo o resto e as mãos partiram por elas mesmas!!

 

 

Aquelas meias e o teu vestido eram o rastilho para para as minhas mãos e perdemo-nos (bem como a roupa)! Toda a loucura se tinha concentrado neste único momento e não tivemos limites... Os desejos, as vontades, os fetiches por realizar, a vontade de amar, fizeram com que te virasses de costas para mim e me pedisses para entrar! Tu sempre soubeste como era louco pelo teu rabo.. e ao vê-lo ali à minha frente.. ao tocar-lhe de mãos cheias.. não resisti e percorri-o todo... todo!! E gostaste.. eu senti pelos teus tímidos gemidos! E sentímos tudo o que poderiamos sentir!!!

 

 

 

Foi um momento de explosão!! Tamanha excitação em apenas dois corpos que queriam ser um!!

 

 

 

 

 

 

 

E viemo-nos..

 

 

 

 

 

 

 

 

Ficámos calados. Enamorados. Com a vontade que este momento se tornasse de novo em eternidade!

 

Nessa noite não nos quisemos separar. Não quisemos que fosse o fim, mas sim um recomeço tal como o beijo do início..

 

Isto é o que guardo do que foi o fim-de-semana. Não me deixaste sozinho.

sinto-me: a tua metade. Amo-te d verdade
publicado por artista-magico às 01:53
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010

Primeiro fim-de-semana sem ti

Este será o fim-de-semana em que vou cair em mim. O fim-de-semana que vou aperceber-me que estou mesmo sozinho. Sei que, se sei como vai ser, já o poderia sentir na pele, mas há sempre aquela esperançazinha que surja um furacão e que misture todas as peças do jogo a meu favor! Pelo que só depois de acontecer é que sentirei a dor

Há um mês e meio que não estou mais de 1hora com ela. Que não estamos bem. E agora só estarei perto dela 2 dias.

Tem um jantar num deles e um aniversário de uma amiga noutro. Se estivesse tudo bem até poderia marcar coisas com os meus amigos e deixá-la ir sozinha sem problema. Mas não estão. Tal como há um ano atrás não estavam, quando também foi sem mim e me prometeu que este ano já iria como seu namorado. Um ano passou e diz-me que prefere ir sozinha. Se me ama como é possível dizer-me isto? Como é possível não cumprir as promessas?? Se soubessem que namorávamos e que só nos viamos ao fim-de-semana de certeza que diziam pra eu ir também! Se lhes explicasse e falasse de mim com amor não se importariam que fosse acompanhada!! Era a oportunidade de vivermos o Natal.. passar pelo Porto, pelas ruas enfeitadas de mãos dadas, de me apresentar finalmente às suas amigas, de brincar, de ser feliz, de amar! Só que em vez disso disse-me que não tinha lógica eu ir com ela e depois vir de Braga sozinho! Não tinha lógica aproveitarmos algo magico e depois fazer 120km sozinho pra vir embora... quando mais de 1100 sozinho só para a ver. Este Fim-de-semana vou-me aperceber...

sinto-me: a deixar de ser artista-mágico
publicado por artista-magico às 10:48
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010

Um ano e meio

Acabou o dia sem termos trocado um "amo-te". Acabou assim o dia pois pra ti o namoro acabou. Simplemente não queres! Eu queria.. e não consigo deixar de pensar que hoje é sexta e o mais certo era ter seguido à boleia pra cima para te dar um beijo e um abraço. Um daqueles abraços carregados com duas semanas de saudades e com muito amor. Mas não fui. Em vez disso estou aqui sozinho. Mais sozinho que nunca, numa solidão que a cada hora que passa, a cada olhar para o telemóvel sem nada, faz com que destrua mais um bocado do sonho. Dói. Foi o sonho mais belo que tive... um sonho de uma vida feliz. É estranho pois há um ano e meio não te conhecia de lado nenhum, mas consegui ver em ti algo que nunca tinha visto em mais ninguém: a luz. Sem te conhecer, apaixonei-me por ela e apesar de todas as contrariedades nunca deixei de a ver. Foi essa luz que me fez no dia 3 ir ter contigo a perguntar se me abrias a porta para me iluminar. Um ano e meio depois estou a olhar para a mesma porta.. tal como nesse dia:

 

 

"Encontro-me frente a uma porta.

As portas para mim são as escolhas da vida que, ou por elas se passa, ou se continua pelo corredor até à próxima. Existem portas de amizade, de ideias, de caminhos, de tanta coisa! Até para a minha próxima refeição parece um concurso televisivo com várias montras de prémios. Como era de prever nunca são vidradas (muito menos se encontram abertas) o que faz com que nunca saiba o que está do outro lado!

Voltando à minha porta, posso dizer que esta é diferente das restantes pelas quais tenho passado: é incrivelmente simples e está encostada. Dúvido que tenha sido deixada assim de propósito, mas o que é certo é que deixa passar uma luz imensa como jamais tinha visto!

Por si só já seria o suficiente para me deixar a pensar, mas como se não bastasse, também ouvi um riso. Um riso que condiz com a luz, só pode ser de lá!


Pronto... já estou cativado! Só que não sei nada sobre este brilho! Porque brilha? Quem a faz brilhar?


Quero conhecer...


# ' TOC toc Toc ' #

- Posso entrar?"

 

 

 

 

 

sinto-me: a kerer ka resposta seja igual
publicado por artista-magico às 23:32
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Novembro de 2010

Porque ficaremos juntos eternamente

 

"Quando duas pessoas estão realmente apaixonadas uma pela outra, elas não se deixam mesmo que isso doa mil vezes mais."

 

Pode ter doído, ou ainda vir a doer, mas eu amo-te, mesmo de verdade, e é contigo que quero passar a minha vida. São dias como o de hoje, com pequenos momentos de carinho e certezas, que fazem valer por todos os outros com problemas e tristezas! E eu não te quero deixar.. nunca! Quero-te para a vida, meu amor. Quero para sempre te amar@

 

 

sinto-me: a tua metade
publicado por artista-magico às 22:31
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010

Como gostaria..

 

..de não estar a 500km de ti. Poder-te ver este fim-de-semana, abraçar, beijar, sentir o teu cheiro bom.. Mas não posso. Há esta distância que não nos deixa viver os momentos que queríamos. São momentos que não voltam. Mas vão-se esses momentos...
...mas fica o amor.
sinto-me: a amar à distância
publicado por artista-magico às 23:43
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Setembro de 2010

1 ano e 3 meses

Amo quem tu és..
Amo a bela mulher que está nesse lindo corpo.. A luz que mais ninguém vê.. só eu!
Amo e vou amar para sempre!!!
Obrigado por te "despires" e me dares todo o teu ser!
Amo-te.. Sabrinas@

sinto-me: teu para sempre
publicado por artista-magico às 23:03
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 31 de Julho de 2010

Amor é em qualquer lugar

Estes dias têm sido a completa loucura!!! Tens-me deixado húmido e com uma erecção constante!!! As tuas palavras, os teus posts e telefonemas têm revelado desejos e a "sacana" que há em ti!! E estou a ADORAR! Não tenho aguentado com tanta tesão e tenho-me entregado a todos os teus pedidos! Não dá para evitar... é muito prazer!!!
E ontem... foi o momento de maior loucura de sempre!! Senti cada palavra que disseste no meu corpo. Senti cada mão, cada chupão, cada passagem de língua.. e também senti o suave da tua pele, o toque no clitoris tesinho e a minha boca molhada pelos teus fluídos deliciosos... Quando estimulada por tais palavras e por tanto sentimento, a imaginação não tem limites e o corpo faz a viagem!!
Nunca senti nada assim! E quero mais.. quero muito mais!!
Vem-te todos os dias comigo... Quero-te continuar a sentir assim!! É o meu desejo!!@

sinto-me: =D''''''''''''''''''''''''''''
publicado por artista-magico às 15:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Julho de 2010

Reencontro

Chegou o dia... e os meus sonhos são muitos! Desejo ver o teu corpo a correr em direcção ao meu, ao veres-me chegar ao longe, e já nesse momento senti-lo encostado ao meu! Desejo os teus braços a prenderem-me, saborear o teu perfume que faz viajar, o teu amor quente, as tuas brincadeiras de criança e o que mais vontade tenho de ver... o teu sorriso puro e feliz..
Tenho imensas saudades tuas...
(estou nervoso.. muito..)

sinto-me: a desejar como nunca um abraço
publicado por artista-magico às 06:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Julho de 2010

Hoje é sexta...

...e queria tanto poder estar de novo assim..

sinto-me: imensas saudades...
publicado por artista-magico às 23:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

Confirmação

Depois de uma semana sem nos vermos, disseste-me com a tua voz envergonhada que aceitavas ser o meu amor de Verão! Que não sabias como seria e meia atrapalhada seguiste e abriste o teu coração...

Voltaste a ir ver os meus jogos de futebol, voltou a haver sorrisos e mimos, sinais matreiros com o olhar para aos olhares dos outros escapar.

No fim da noite sei que tinhas que te ir embora.. mas o efeito da lua cheia fez-se notar. Cedeste aos meus pedidos, aos pedidos da noite e do teu corpo.

 

 

Depois de chegados, peguei-te na mão e levei-te para a varanda para contemplar o luar. Não resmungaste e simplesmente... foste. Olhaste.. beijaste-me. Senti-te, viajámos! Quando demos por nós estávamos já sem roupa, ao ar livre sobre a luz da nossa amiga lua. Tu apoiada na varanda, com toda aquela paisagem à tua frente. Eu atrás de ti, com a visão sobre a minha Deusa de enlouquecer a mente! E é aí que te soltas. Me dizes as coisas mais apetecíveis e desejáveis: "Quero-me vir assim"! Tu não imaginas a reacção que essas palavras provocam em mim!

 

Tu és tudo o que poderia querer! És a minha loucura pessoal, o meu vício, o meu maior prazer! As tuas curvas, a tua pele, as tuas mamas.. A tua respiração, os teus movimentos, a tua excitação... Tudo em ti torna-se num desejo numa vontade, em tesão!
Adoro estes momentos! Adoro quando perdemos a noção de onde estamos e nos entregamos aos sentimentos.

 

sinto-me: teu! AMO-TE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
publicado por artista-magico às 13:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Junho de 2010

Hoje..

sinto-me: com vontade de o apalpar mts x
publicado por artista-magico às 18:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Junho de 2010

Quero que comeces o dia..

...a saber que te amo!! Feliz, com a luz na cara e a minha presença em cada movimento! Não imagines só.. sente! Enche o coração =)
Porque... sabes que dia é hoje?
Dia-de-sorrisos =D

sinto-me: a querer-te iluminar o dia!
publicado por artista-magico às 23:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Sexta

. Sexta!

. Resposta

. Primeiro fim-de-semana se...

. Coisas que gostava que so...

. É o fim...

. O meu último pedido

. Fim-de-semana

. Primeiro fim-de-semana se...

. Um ano e meio

. Porque ficaremos juntos e...

. Como gostaria..

. 1 ano e 3 meses

. Amor é em qualquer lugar

. Reencontro

. Hoje é sexta...

. Confirmação

. Hoje..

. Quero que comeces o dia..

.arquivos

. Setembro 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds