Terça-feira, 14 de Junho de 2016

Não desapegar

cute-couple-hug-black-and-white-wallpaper1.jpg

 

publicado por artista-magico às 15:32
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 5 de Junho de 2016

"The end"?

Depois de todos os problemas, ausências de anos, de tudo o que nos podia acontecer... nunca disseste que era o fim.. até ontem?
Quando vi o "the end" estremeci. No fundo andava num barco à deriva, a navegar sem rumo certo até que PUM.. bati nestas palavras e encalhei durante horas a olhar para elas. 
"Será que não percebi bem?" Pensei eu,mas fui ter contigo e foste "fria" como não és. "Será? Pode estar ocupada", mas tanto tempo?
Aceitei.
Em outro tempo faria quilómetros, revirava a cidade até mostrar que não poderia ser. Agora o que posso fazer? De mãos e pernas atadas: só as palavras... e escritas porque nem a minha voz podes ouvir. Até nem me importava de não dizer nada se apenas pudesse aparecer À tua frente e olhar-te nos olhos (sempre foram os primeiros a falar.. por vezes os únicos).
Sei que não te tenho escrito aqui todos os dias, mas estou contigo 24h. Tens sido muito mais que o que eramos aqui, mas não quero perder este teu lado.
Espero ter que vir a apagar isto...

publicado por artista-magico às 23:55
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 6 de Março de 2011

É o fim...

Não acabámos com um sorriso. Não me explicaste o porquê de tudo ter mudado, só me disseste que te sentes bem assim, sozinha, sem mim, e sinto que nunca vou entender. Digo-te que preferia ter acabado a mal, com gritos, choros, com qualquer motivo que puzesse um ponto final, ou então preferia viver o resto da vida a achar que me amavas mas que não dava por algo de errado, algo que não te deixava. Assim, só sei que não fui o suficiente para ti ao ponto de preferires desistir de lutar.. de preferires ficar sozinha do que com alguém como eu.
Não consigo ainda acreditar. Sabes, parece que se trata de um pesadelo e que apesar de estarmos tão perto, é como se estivesse ainda a 500km e que no próximo fim-de-semana que vier estará tudo bem, que vais aparecer com o mesmo sorriso que voltavas sempre. É o que me parece, mas sei que não é o que vai acontecer. É que não consigo imaginar a minha vida sem ti.
Não consigo perceber como que o "vou-te amar para sempre", "és único", "és o amor da minha vida", "és a minha paixão louca e especial" e todas as outras certezas tenham desaparecido em apenas um mês. Talvez nunca o vá perceber. Não percebo como é que não me queres mais nos teus dias.. na tua vida.. Não percebo como já não queres as nossas noites, como já não queres o meu abraço apertado antes de adormeceres ou como já não desejas o desejo das minhas mãos.. Como já não sou como o tal "Gerry" que tinhas dito no teu penúltimo post. Posso não ter sido sempre a melhor pessoa mas foi porque nunca pude ser eu mesmo, e tu sabes bem disso.

É certo que esse teu novo mundo é empolgante. Estás a "recomeçar", a conhecer nova gente, novas possibilidades, novas diversões, mas nunca me deste a oportunidade de fazer parte desse mundo, de conhecer os teus amigos, de ir contigo para uma discoteca, para um bar. Havia sempre algo que não o permitia e agora que tens essa oportunidade não o queres comigo. É certo que mudou muita coisa e que foste cativada por este novo estilo de vida mas digo-te, toda a gente precisa de amor um dia e tenho pena que não queiras que seja eu essa pessoa. E digo-te, este teu novo mundo seria muito melhor comigo, com alguém que quer estar contigo não porque és linda e graciosa, mas porque te ama por quem és. Sinto que te esqueceste como gostavas de estar comigo, mas eu continuo o mesmo... "separámo-nos" porque disseste que devia ir estagiar para longe, que era bom para o nosso futuro, que o nosso amor era forte e resistiria a tudo, que toda esta situação era uma uma fase, que depois teriamos toda a vida juntos...

Não vou fazer o mesmo que o teu ex-namorado nos fez.. não te vou atrapalhar porque acima da minha felicidade, quero que tu sejas feliz, e se este é o caminho que dará sentido à tua vida, tenho que o aceitar. Será duro. Será duro passar os dias sem as tuas mensagens, sem o desejo que tinhamos por loucura. Será ainda mais duro saber que a vida não volta atrás e que não nos vamos casar, que não vamos acordar juntos todas as manhãs, que não vamos ter filhos e que será toda uma vida sem ti. E que depois desta já não haverá mais nada e nunca mais terei a hipotese de passar os meus dias contigo. Sei que seguiremos as nossas vidas, com outras pessoas, que até poderemos vir a ser felizes, mas não será o mesmo.
Gostava de ter tido uma oportunidade a sério. Gostava de ter tido um último abraço sentido. Gostava de te ter dado um último beijo e saber que seria o último. Ter tido noção do último "amo-te". Minto, gostava que nunca nada fosse a última e que não tivesses dito aquelas palavras. Que não as sentisses. Que esta história não tivesse tido um fim!
Será uma vida sem a minha Sabrinas e tu sem o teu artista-magico, um vazio. Sei que como não temos muitos amigos em comum para nos cruzarmos e que se não lutar por ti que é o fim, mas pelas tuas palavras tu não queres que lute mais.. por isso não o vou fazer então.. e com a maior dor que alguma vez senti acho que... é o fim.

Amo-te Sabrinas. Do teu.. para sempre, artista-mágico

sinto-me: sozinho.. Sem a minha Sabrinas
música: João Só - A Marte
publicado por artista-magico às 13:33
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

Coisas que gostava que soubesses #3

Finalmente percebi o que me quiseste dizer nestes últimos meses...

Está tudo neste texto:

 

"Podes não ser o seu primeiro, o seu último, ou o seu único. Ela amou antes de ti e pode voltar a amar depois. Mas se ele te ama agora, o que mais te importa? Ela não é perfeita, tu também não o és, e podem nunca vir a ser perfeitos um com o outro mas se ela te consegue fazer rir, pois tu também pensas duas vezes e admites que é humano fazer erros, agarra-a bem e dá-lhe o máximo que puderes. Ela pode não pensar em ti todos os segundos do dia, mas ela irá dar-te uma parte dela que sabe que podes quebrar - o seu coração. Por isso não a magoes, não a mudes, não analises e não esperes mais do que ela te pode dar. Sorri quando ela te fizer feliz, deixa-a saber quando te deixa em baixo, e sente a sua falta quando não estiver."

Bob Marley

 

E se calhar percebi-o tarde...

sinto-me: com uma dor no peito...
publicado por artista-magico às 21:29
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010

Um ano e meio

Acabou o dia sem termos trocado um "amo-te". Acabou assim o dia pois pra ti o namoro acabou. Simplemente não queres! Eu queria.. e não consigo deixar de pensar que hoje é sexta e o mais certo era ter seguido à boleia pra cima para te dar um beijo e um abraço. Um daqueles abraços carregados com duas semanas de saudades e com muito amor. Mas não fui. Em vez disso estou aqui sozinho. Mais sozinho que nunca, numa solidão que a cada hora que passa, a cada olhar para o telemóvel sem nada, faz com que destrua mais um bocado do sonho. Dói. Foi o sonho mais belo que tive... um sonho de uma vida feliz. É estranho pois há um ano e meio não te conhecia de lado nenhum, mas consegui ver em ti algo que nunca tinha visto em mais ninguém: a luz. Sem te conhecer, apaixonei-me por ela e apesar de todas as contrariedades nunca deixei de a ver. Foi essa luz que me fez no dia 3 ir ter contigo a perguntar se me abrias a porta para me iluminar. Um ano e meio depois estou a olhar para a mesma porta.. tal como nesse dia:

 

 

"Encontro-me frente a uma porta.

As portas para mim são as escolhas da vida que, ou por elas se passa, ou se continua pelo corredor até à próxima. Existem portas de amizade, de ideias, de caminhos, de tanta coisa! Até para a minha próxima refeição parece um concurso televisivo com várias montras de prémios. Como era de prever nunca são vidradas (muito menos se encontram abertas) o que faz com que nunca saiba o que está do outro lado!

Voltando à minha porta, posso dizer que esta é diferente das restantes pelas quais tenho passado: é incrivelmente simples e está encostada. Dúvido que tenha sido deixada assim de propósito, mas o que é certo é que deixa passar uma luz imensa como jamais tinha visto!

Por si só já seria o suficiente para me deixar a pensar, mas como se não bastasse, também ouvi um riso. Um riso que condiz com a luz, só pode ser de lá!


Pronto... já estou cativado! Só que não sei nada sobre este brilho! Porque brilha? Quem a faz brilhar?


Quero conhecer...


# ' TOC toc Toc ' #

- Posso entrar?"

 

 

 

 

 

sinto-me: a kerer ka resposta seja igual
publicado por artista-magico às 23:32
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 4 de Novembro de 2010

"O essencial é invisível aos olhos"

Sei que por vezes digo coisas horríveis, disformes e até mesmo o contrário do que te queria dizer...
...mas por trás dessas coisas encontra-se sempre o mais belo sentimento que poderia existir.

sinto-me: por vezes mal ao exprimir-me
publicado por artista-magico às 21:55
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 2 de Maio de 2010

Não te feches..

 

...sou apenas uma criança apaixonada e sonhadora que encontrou em ti o abrigo que sempre desejou..

 

sinto-me: a errar por amor..
publicado por artista-magico às 23:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Abril de 2010

Trombinhas

Quando há algo que não me agrada, ou que não corre como estava a prever... eu sei que fico assim...

 

Agora não sabia que eras da mesma espécie!! ihihih

 

(Só que... mais sexy claro =P)

publicado por artista-magico às 12:48
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Não desapegar

. "The end"?

. É o fim...

. Coisas que gostava que so...

. Um ano e meio

. "O essencial é invisível ...

. Não te feches..

. Trombinhas

.arquivos

. Setembro 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds