Segunda-feira, 13 de Junho de 2016

Distância

Falávamos todos os dias de sorriso no rosto. Não havia compromisso nem podia haver, apenas a vontade de falar um com o outro.
Sendo pessoas físicas, sabíamos que, com o tempo, viria a vontade de estarmos ainda mais juntos, mas também sabíamos que era impossível.
Um problema que seria resolvido mais tarde.
Só não sabia que iria interferir com a vontade inicial de falar.

Quando surgiu a possibilidade de darmos um abraço, fui às nuvens: não estava em mim. Quando surgiram impossibilidades da minha parte e pela primeira vez faltei, fui ao fundo. Custou-me imenso não sentir o seu corpo, mas mais ainda não sentir o seu "calor" nas conversas. Não dava para ir sem nos pormos em risco, e mais do que em mim, pensei nela. Não o poderia fazer. Ela não entendeu e arrefeceu, mas com o tempo passou.

Aproveitei estes 3 dias para viajar, algo que faço regularmente, algo normal como estar em casa. Foi motivo para me deixar de falar. fui ter com ela, mas não obtive resposta. Diz que não queria atrapalhar. Atrapalhar o quê? Ou melhor, qual a diferença do que fazemos diariamente? Falámos, disse que estava normal e arrefeceu ainda mais, mas com o tempo não passou.

Hoje voltou a não dizer nada. Não vou insistir e ser eu a voltar a falar no assunto para "ouvir" que está tudo bem quando não está.
Já sabiamos que a distância física seria uma constante, mas não esta distância.
Custa não falarmos como antes. Tenho imensas perguntas e vontade de contar variadíssimas coisas, mas tenho que esperar que isto lhe passe pois não posso fazer nada.. espero que passe..

couple-holding-hands-long-distance-relationship.jp

 

 

publicado por artista-magico às 16:15
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Maio de 2016

És MESMO música nos meus dias!

Temos falado imenso sobre as nossas vidas. Grande parte das vezes torna-se incomodo, mas a minha curiosidade pelo teu mundo faz com que continue a perguntar.
Contas-me os teus planos com ele, colocas fotos, continuas a tua vida como se nada fosse. É estranho, mas o que é certo é que partilhas a tua vida com ele, é ele que te tem todos os dias. Mas acredito que, no fundo, não podes estar feliz com a vida que tens. Falta-te algo, ou melhor, falta-lhe a ele algo, que por muito que ambos lutem nunca terão, pois não será natural. E depois estou eu. Com tanto para dar mas na mesma situação. Acabamos por, sem nos apercebermos, fazer um jogo em que damos de nós e nos magoamos. Um jogo que não queremos parar porque se um dá o outro também o faz.. se um foge o outro também se esconde por trás de palavras curtas. Mas é um jogo que nos faz sentir!

E eu quero-te nos meus dias. Quero sempre. E depois não me importo que durmas com ele pois tens-me no teu coração, e é melhor do que estar ao teu lado e não ter nada. Quero continuar a fazer planos, promessas, desejos, quem sabe se algum dia se realizam! E dançariamos até nos doer os pés e continuaríamos até não poder mais!

(Eu nunca gostei de Enrique Iglesias, mas dou por mim a ouvir em REPEAT pois é a música deste nosso momento. Espero que também a dances, até teres oportunidade de me dares a mão e dançarmos juntos)

 

publicado por artista-magico às 23:32
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Maio de 2016

Abraços

Algo que nos distinguiu desde o início...
Quando voltar a estar na sua presença, "roubarei" um! Nesse, estarão todos os abraços que não lhe pude dar: de aniversário, de saudade, de consolo, de parabéns, de carinho.. de tantas outras coisas!

wallpaper-of-tender-embrace-of-lovers-4511.jpg

 E poderei tê-la de novo nos meus braços.

publicado por artista-magico às 15:10
link do post | comentar | favorito (1)
|
Domingo, 6 de Março de 2011

É o fim...

Não acabámos com um sorriso. Não me explicaste o porquê de tudo ter mudado, só me disseste que te sentes bem assim, sozinha, sem mim, e sinto que nunca vou entender. Digo-te que preferia ter acabado a mal, com gritos, choros, com qualquer motivo que puzesse um ponto final, ou então preferia viver o resto da vida a achar que me amavas mas que não dava por algo de errado, algo que não te deixava. Assim, só sei que não fui o suficiente para ti ao ponto de preferires desistir de lutar.. de preferires ficar sozinha do que com alguém como eu.
Não consigo ainda acreditar. Sabes, parece que se trata de um pesadelo e que apesar de estarmos tão perto, é como se estivesse ainda a 500km e que no próximo fim-de-semana que vier estará tudo bem, que vais aparecer com o mesmo sorriso que voltavas sempre. É o que me parece, mas sei que não é o que vai acontecer. É que não consigo imaginar a minha vida sem ti.
Não consigo perceber como que o "vou-te amar para sempre", "és único", "és o amor da minha vida", "és a minha paixão louca e especial" e todas as outras certezas tenham desaparecido em apenas um mês. Talvez nunca o vá perceber. Não percebo como é que não me queres mais nos teus dias.. na tua vida.. Não percebo como já não queres as nossas noites, como já não queres o meu abraço apertado antes de adormeceres ou como já não desejas o desejo das minhas mãos.. Como já não sou como o tal "Gerry" que tinhas dito no teu penúltimo post. Posso não ter sido sempre a melhor pessoa mas foi porque nunca pude ser eu mesmo, e tu sabes bem disso.

É certo que esse teu novo mundo é empolgante. Estás a "recomeçar", a conhecer nova gente, novas possibilidades, novas diversões, mas nunca me deste a oportunidade de fazer parte desse mundo, de conhecer os teus amigos, de ir contigo para uma discoteca, para um bar. Havia sempre algo que não o permitia e agora que tens essa oportunidade não o queres comigo. É certo que mudou muita coisa e que foste cativada por este novo estilo de vida mas digo-te, toda a gente precisa de amor um dia e tenho pena que não queiras que seja eu essa pessoa. E digo-te, este teu novo mundo seria muito melhor comigo, com alguém que quer estar contigo não porque és linda e graciosa, mas porque te ama por quem és. Sinto que te esqueceste como gostavas de estar comigo, mas eu continuo o mesmo... "separámo-nos" porque disseste que devia ir estagiar para longe, que era bom para o nosso futuro, que o nosso amor era forte e resistiria a tudo, que toda esta situação era uma uma fase, que depois teriamos toda a vida juntos...

Não vou fazer o mesmo que o teu ex-namorado nos fez.. não te vou atrapalhar porque acima da minha felicidade, quero que tu sejas feliz, e se este é o caminho que dará sentido à tua vida, tenho que o aceitar. Será duro. Será duro passar os dias sem as tuas mensagens, sem o desejo que tinhamos por loucura. Será ainda mais duro saber que a vida não volta atrás e que não nos vamos casar, que não vamos acordar juntos todas as manhãs, que não vamos ter filhos e que será toda uma vida sem ti. E que depois desta já não haverá mais nada e nunca mais terei a hipotese de passar os meus dias contigo. Sei que seguiremos as nossas vidas, com outras pessoas, que até poderemos vir a ser felizes, mas não será o mesmo.
Gostava de ter tido uma oportunidade a sério. Gostava de ter tido um último abraço sentido. Gostava de te ter dado um último beijo e saber que seria o último. Ter tido noção do último "amo-te". Minto, gostava que nunca nada fosse a última e que não tivesses dito aquelas palavras. Que não as sentisses. Que esta história não tivesse tido um fim!
Será uma vida sem a minha Sabrinas e tu sem o teu artista-magico, um vazio. Sei que como não temos muitos amigos em comum para nos cruzarmos e que se não lutar por ti que é o fim, mas pelas tuas palavras tu não queres que lute mais.. por isso não o vou fazer então.. e com a maior dor que alguma vez senti acho que... é o fim.

Amo-te Sabrinas. Do teu.. para sempre, artista-mágico

sinto-me: sozinho.. Sem a minha Sabrinas
música: João Só - A Marte
publicado por artista-magico às 13:33
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Março de 2011

O meu último pedido

Foi por esta altura que te vi pela primeira vez. Vi-te ao longe mas logo reparei que a tua luz era diferente das restantes. Reparei nas tuas sabrinas. Reparei no teu rosto! Toda tão simples e tão linda. Andei semanas para me meter contigo e o coração ficava pequeno sempre que não ias assistir aos jogos. Agora, dois anos depois, depois de vivermos coisas que nunca pensei viver, experiências e sentimentos que desconhecia e com vontade de finalmente te levar para conhecer o mundo de forma feliz, peço-te que, se ainda há esperança, mo digas a olhar para os meus olhos, pois preciso de rever a Sabrinas! Mas.. se já não queres as minhas mãos malucas, os meus abraços apaixonados, o meu perfume na tua roupa, os nossos encontros fugases, o sexo contra a parede, o meu amor especial.. Se não sou o artista-mágico que queres para a tua vida, diz-me também.. Se não sou eu escuso de estar a insistir em sê-lo... seguimos os nossos caminhos.. as nossas vidas um sem o outro.. Mas uma ou outra coisa diz, nos meus olhos, este fim-de-semana.. é a última coisa que te peço: Dá esperança ou um fim à nossa história. 

 

 

sinto-me: a ñ t querer perder pra sempre
publicado por artista-magico às 01:47
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Março de 2011

O que aconteceu?

Tu pediste-me para esperar 4 meses. Para aguentar que depois teriamos uma vida juntos. Que iria ser difícil mas que tinha que ser assim. Disseste que se eu quisesse que podia seguir a minha vida e que mesmo que arranjasse outra pessoa para te substituir no dia que acabasses o teu exame irias lutar por mim com todas as tuas forças! Escreveste posts para eu saber que me continuavas a amar, que eu era o teu artista-mágico, que os teus sonhos passavam por mim!

 

Eu não segui, esperei, estou aqui.

 

E agora... já passaram 5 dias.. porque não me dizes nada? Neste último mês mudaste completamente de ideias? Já não me queres? Já não vais lutar?

sinto-me: cada vez mais longe do sonho
publicado por artista-magico às 01:51
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Fevereiro de 2011

Coisas que gostava que soubesses #10

Quando me perguntaste o que devias de fazer eu aconselhei-te a deixares tudo para te dedicares a este exame: deixares de trabalhar, aproveitares cada momento mesmo que isso implicasse cortar nos nossos. Acompanhei-te durante um ano neste sonho, quando me pediste para te dar um tempo para te dedicares eu afastei-me e apoiei com o que tinha e com o que não tinha.

Quando o dia chegou, e apesar de ser sábado, coloquei o despertador para as 7 da manhã só para te desejar boa sorte. E eu... eu só queria que tivesses perdido 5 minutos da tua vida para me ligares a contar como foi... é que nem a pedir... eu merecia...

 

 

 

sinto-me: indesejado...
publicado por artista-magico às 23:29
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011

Coisas que gostava que soubesses #9

 

Chegou a véspera do dia. Foi por causa dele que não tivemos fins-de-semana, feriados, férias de verão e que por fim acabámos por dar um tempo ficando meses sem nos vermos. Apesar de ter sido duro para mim, acredito que tenha sido mais ainda para ti! Apoiei-te desde o primeiro momento nesta decisão e gostava de ter sido o teu colega de secretária a toda a hora, mas respeitei a tua necessidade de enfrentares esta luta sozinha. 

O que é certo é que apesar de ter sido difícil, já passou e agora vem o momento pelo qual tanto se sacrificou. Mesmo que tivesses chegado aqui e dissesses que não eras capaz, estaria orgulhoso de ti na mesma pela dedicação e terias o meu abraço! Mas acredito em ti, acredito que vai valer a pena todas as privações e que agarrarás o teu futuro com as duas mãos! Vais conseguir!

E tem calma.. Estarei contigo todo o tempo.

 

sinto-me: contigo de alma e coração
publicado por artista-magico às 21:33
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2010

Fiz tudo o que podia ter feito.

 

*Se me queres na tua vida encontra uma maneira de me pôr lá. Parei de tentar

 

publicado por artista-magico às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Novembro de 2010

Enquanto espero pela resposta...

...aqui fica a música que te queria dedicar@

sinto-me: teu...
publicado por artista-magico às 22:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010

Comportamento obsessivo-compulsivo

Passo o dia a olhar para o telefone de 5 em 5 minutos para ver se tem alguma mensagem. Eu sei que não tem, senão teria ouvido o seu toque ou, na pior das hipóteses, sentido a sua vibração. Mas há sempre aquela esperança irracional de que possa ter havido um turbilhão de vácuo a passar ao mesmo tempo que um mini-sismo e que tenham anulado esses avisos e que possa já ter algo. Então, com o coração a bater acelerado, toco-lhe de modo a aparecer a imagem e... não tem nada. Gela-me o corpo...

sinto-me: à espera... do que não vem...
publicado por artista-magico às 18:14
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Distância

. És MESMO música nos meus ...

. Abraços

. É o fim...

. O meu último pedido

. O que aconteceu?

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. Fiz tudo o que podia ter ...

. Enquanto espero pela resp...

. Comportamento obsessivo-c...

.arquivos

. Setembro 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds