Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

Partes de si (1)

Nunca conheci quem se vestisse tão bem. Um gosto ver aprontar-se e encarar um novo dia. É um presente colocado mesmo à frente dos meus olhos e que desembrulharia todas as noites com a mesma curiosidade e emoção de vespera de Natal. Só me portaria mal depois...

tumblr_n5rhi4l0561tw5trjo1_500.gif

publicado por artista-magico às 16:03
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Setembro de 2017

Que seja como for..

Poderia ter vivido uma vida sozinho, poderia ter vivido uma vida na ignorancia sem saber o que é o amor, mas quis o destino que viesse sentir o que todos procuram... mas de forma sádica. Nunca mo quis dar verdadeiramente: O destino dá.. e tira. Dá e tira sabendo que cada vez que dá me torna mais inebriado e que quando tira me deixa louco e birrento. Quero acreditar que no fim dirá "Vá.. toma. Tu mereceste, é tudo para ti, estava a brincar". Quero acreditar que um dia será assim, mesmo que viva com o medo que tenha sido a ultima vez, que não volte mais.

É que poderia ter vivido sem saber. Viveria, como tantos outros, felizes por si só. Quem os pode criticar? Afinal, nunca souberam o que é sonhar com os cheiros e sabores viciantes do seu corpo, com o sorriso envergonhado e gargalhadas descontroladas, com o olhar eterno de criança pronta a conhecer o mundo, com a teimosia dos seus ideais, com aquele beijo.... com aquele beijo! Foda-se o beijo. Como é que alguém consegue viver sem este beijar que desperta o corpo para uma maratona de guerra e paz... Afinal não os consigo entender, de que estão à espera para procurar isto para as vossas vidas?! Nem que seja sádico como a mim, nem que seja uma só vez.

Não quererão outra coisa e se não der certo até poderão vir a viver uma vida sozinhos mas não viverão na ignorancia sem saber o que isto é. Para cego, só cego de amor.

tumblr_o64a4vObGa1ued86go1_1280 (1).jpg

 

publicado por artista-magico às 23:17
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 13 de Junho de 2016

Distância

Falávamos todos os dias de sorriso no rosto. Não havia compromisso nem podia haver, apenas a vontade de falar um com o outro.
Sendo pessoas físicas, sabíamos que, com o tempo, viria a vontade de estarmos ainda mais juntos, mas também sabíamos que era impossível.
Um problema que seria resolvido mais tarde.
Só não sabia que iria interferir com a vontade inicial de falar.

Quando surgiu a possibilidade de darmos um abraço, fui às nuvens: não estava em mim. Quando surgiram impossibilidades da minha parte e pela primeira vez faltei, fui ao fundo. Custou-me imenso não sentir o seu corpo, mas mais ainda não sentir o seu "calor" nas conversas. Não dava para ir sem nos pormos em risco, e mais do que em mim, pensei nela. Não o poderia fazer. Ela não entendeu e arrefeceu, mas com o tempo passou.

Aproveitei estes 3 dias para viajar, algo que faço regularmente, algo normal como estar em casa. Foi motivo para me deixar de falar. fui ter com ela, mas não obtive resposta. Diz que não queria atrapalhar. Atrapalhar o quê? Ou melhor, qual a diferença do que fazemos diariamente? Falámos, disse que estava normal e arrefeceu ainda mais, mas com o tempo não passou.

Hoje voltou a não dizer nada. Não vou insistir e ser eu a voltar a falar no assunto para "ouvir" que está tudo bem quando não está.
Já sabiamos que a distância física seria uma constante, mas não esta distância.
Custa não falarmos como antes. Tenho imensas perguntas e vontade de contar variadíssimas coisas, mas tenho que esperar que isto lhe passe pois não posso fazer nada.. espero que passe..

couple-holding-hands-long-distance-relationship.jp

 

 

publicado por artista-magico às 16:15
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 5 de Junho de 2016

"The end"?

Depois de todos os problemas, ausências de anos, de tudo o que nos podia acontecer... nunca disseste que era o fim.. até ontem?
Quando vi o "the end" estremeci. No fundo andava num barco à deriva, a navegar sem rumo certo até que PUM.. bati nestas palavras e encalhei durante horas a olhar para elas. 
"Será que não percebi bem?" Pensei eu,mas fui ter contigo e foste "fria" como não és. "Será? Pode estar ocupada", mas tanto tempo?
Aceitei.
Em outro tempo faria quilómetros, revirava a cidade até mostrar que não poderia ser. Agora o que posso fazer? De mãos e pernas atadas: só as palavras... e escritas porque nem a minha voz podes ouvir. Até nem me importava de não dizer nada se apenas pudesse aparecer À tua frente e olhar-te nos olhos (sempre foram os primeiros a falar.. por vezes os únicos).
Sei que não te tenho escrito aqui todos os dias, mas estou contigo 24h. Tens sido muito mais que o que eramos aqui, mas não quero perder este teu lado.
Espero ter que vir a apagar isto...

publicado por artista-magico às 23:55
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Maio de 2016

És MESMO música nos meus dias!

Temos falado imenso sobre as nossas vidas. Grande parte das vezes torna-se incomodo, mas a minha curiosidade pelo teu mundo faz com que continue a perguntar.
Contas-me os teus planos com ele, colocas fotos, continuas a tua vida como se nada fosse. É estranho, mas o que é certo é que partilhas a tua vida com ele, é ele que te tem todos os dias. Mas acredito que, no fundo, não podes estar feliz com a vida que tens. Falta-te algo, ou melhor, falta-lhe a ele algo, que por muito que ambos lutem nunca terão, pois não será natural. E depois estou eu. Com tanto para dar mas na mesma situação. Acabamos por, sem nos apercebermos, fazer um jogo em que damos de nós e nos magoamos. Um jogo que não queremos parar porque se um dá o outro também o faz.. se um foge o outro também se esconde por trás de palavras curtas. Mas é um jogo que nos faz sentir!

E eu quero-te nos meus dias. Quero sempre. E depois não me importo que durmas com ele pois tens-me no teu coração, e é melhor do que estar ao teu lado e não ter nada. Quero continuar a fazer planos, promessas, desejos, quem sabe se algum dia se realizam! E dançariamos até nos doer os pés e continuaríamos até não poder mais!

(Eu nunca gostei de Enrique Iglesias, mas dou por mim a ouvir em REPEAT pois é a música deste nosso momento. Espero que também a dances, até teres oportunidade de me dares a mão e dançarmos juntos)

 

publicado por artista-magico às 23:32
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Maio de 2016

Nervoso

Tenho vivido os dias atormentado com o desejo de voltar a tocar no teu corpo.
Sei que não é possível, mas tem-me consumido todos os dias este desejo.

Imagino-te à minha frente... pouco a minha mão na tua cintura... e em pouco tempo te agarro com o outro braço e te colo a mim. A mão passa para dentro da camisola e sinto as tuas costas... a tua barriga fica destapada e sinto a tua pele na minha. Ofegantes, seguro-te e beijo-te o pescoço... e perdemos o controlo.

Faz-me sentir o nervoso na pele e por muito que tente, não me sais da cabeça... e do corpo.

images.jpeg

 

publicado por artista-magico às 11:23
link do post | comentar | favorito (1)
|
Quinta-feira, 19 de Maio de 2016

És música nos meus dias

 Não paro de cantarolar, não me sai da cabeça. Vens logo ao meu encontro aos primeiros sons.

Faço o meu próprio videoclip em que tu apareces com toda a tua sensualidade! Danças comigo e a roupa começa a cair ao ritmo da batida. Para o fim já nem penso na letra, só te vejo a ti... e o desejo de estar enroscado é tanto!!

 

 

Eu não sei por onde começar

Mas o teu corpo adoro eu tocar

Quando me chamas para tarraxar (Oh no)

Eu me ponho logo, logo a imaginar

Eu te agarrando no colinho (bé)

E tu me dizes "me dá tautau"

Oh baby vem devagarinho (Sim)

As tuas unhas faz-me miau

E esse jeito tímido e sedutor

Me deixa ser o teu doutor Me deixa ser o teu doutor

Hoje só tu e eu Ninguém vai estragar a nossa noite oh baby

Só mi ma bo Vem Julieta Que eu sou o teu Romeu

Vem faz assim Desse jeito

Vem para mim Desse jeito uh uh nao… Yeah yeah yeah

As tuas unhas tem veneno e no meu corpo tu vais injectar

Mas vai com calma Não sei como é que eu vou Reagir baby

És a unica que me pode salvar Que me pode salvar Oh yeah

Ainda me chamas de King Kong (Uhmn Uhmn) Mas em Hong Kong tu vais me salvar

Não cantes no meu ouvido Não aguento não

Fico sem jeito Me descontrolo Páro no tempo Começo a viajar

Começo a imaginar Que esta noite é nossa

Hoje só tu e eu Ninguém vai estragar a nossa noite oh baby Só mi ma bo

Vem Julieta Que eu sou o teu Romeu

Vem faz assim Desse jeito Vem para mim Desse jeito uh uh não…

publicado por artista-magico às 09:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 15 de Maio de 2016

BOM DIA!!

Há sol ou não há?
O que merecias?

Couple-Laughing-In-Bed.jpg

 

 

 

publicado por artista-magico às 08:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 14 de Maio de 2016

Arte

A esta hora seria o momento em que trocaríamos de papeis e libertarias a artista que há em ti enquanto eu serviria de tua tela.

arranhoes.jpg

 O resultado era sempre surpreendente e deixa-me desejoso de ver novas obras tuas!

 

 

publicado por artista-magico às 23:52
link do post | comentar | favorito
|

Do meu lado

Tem sido uma companhia a todo o momento. Então naqueles que não tinha o interesse de ninguém, faz ainda maior diferença. Deixei de ter momentos solitários! Qualquer frase, smile, parvoíce, transformam-se em sorrisos que se mantêm.. e o bom desses sorrisos é que vão-se somando e acumulando, e chego ao fim com vontade de traduzir tudo num abraço! Não sei se tem noção disso... mas talvez assim perceba a minha necessidade de a abraçar.

Vamos lá recomeçar aos poucos o exercício, e não mais sozinho! Faria tudo contigo!

8be530a6a801565edda480f103208131.jpg

 

 

publicado por artista-magico às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Maio de 2016

Sexta

Hoje seria mais uma das nossas sextas!!!

Good-night-turned-into-a-disaster.jpg
(Agora como são outros tempos, talvez noutro sítio, talvez de outra forma, ou então não...! A unica certeza que tenho é que independentemente de tudo, seria mais intenso!)

publicado por artista-magico às 23:00
link do post | comentar | favorito
|

Ausência

Quando fica muito tempo sem nada dizer,
Quando sei que não pode falar..
Quando temos muito que quer sair mas a boca tem que permanecer fechada...

Fico ansioso e dispara-me o desejo! Não sei onde isto vai parar.......

couple grabbing clothes.jpg

 

publicado por artista-magico às 17:00
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Maio de 2016

Sexta!

Ao início, este era o dia em que, com sorte, a veria! Era sempre um nervoso em que me aprontava na incerteza, mas a mínima hipotese era mais do que suficiente para me preparar para a abraçar!
Ela tinha alguém e encontravam-se ao fim de semana. Eu era o outro e apesar de ser errado para mim era o certo. Eu queria aquele momento mais que tudo na vida. E ela também, eu sentia-o ao passar a mão na sua pele, aquela energia... Só a via ao final da noite, depois de estar com ele ou com os amigos. Era uma espera que dava cabo de qualquer sistema nervoso!
Depois? depois era aproveitar cada minuto como só nós sabíamos, até aquele momento em que me dizia pela 10ª vez que tinha que ir embora (sem nunca ter ido antes).
Levava comigo o seu cheiro e o seu sabor. Demorava imenso a adormecer com a excitação... um sorriso nos lábios, umas marcas no corpo e um sentimento de que era a pessoa certa.

20aa4fef35fb558e4a7d367db9ffafe1.jpg

Hoje voltará mais uma vez para os braços do seu companheiro mas ao fim da noite não a verei. Não sei que emoções irá sentir, mas quero acreditar que, como da primeira vez,  ao fim da noite sentiria muito mais.

publicado por artista-magico às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito (2)
|

Abraços

Algo que nos distinguiu desde o início...
Quando voltar a estar na sua presença, "roubarei" um! Nesse, estarão todos os abraços que não lhe pude dar: de aniversário, de saudade, de consolo, de parabéns, de carinho.. de tantas outras coisas!

wallpaper-of-tender-embrace-of-lovers-4511.jpg

 E poderei tê-la de novo nos meus braços.

publicado por artista-magico às 15:10
link do post | comentar | favorito (1)
|
Terça-feira, 3 de Maio de 2016

O mundo dá cada volta!

Estava aqui a pensar.... 

Faz agora, mais coisa menos coisa, 5 anos que estávamos em pontas diferentes do país.
Desta vez estou onde ela estava e ela onde eu estava.
Estávamos a deixar de falar e agora estamos a começar a falar.

O mundo dá tantas voltas....

ar-784x400-mundo_da_voltas.jpg

(Será que ainda não acredita em coincidencias?) 




publicado por artista-magico às 23:57
link do post | comentar | favorito
|

Correr lado a lado

Foi um choque quando soube que também corria. Pensei: "Agora é que nos vamos cruzar pela cidade!!". Ainda não queria, não sabia como iria reagir!
Com as conversas, acabei por me habituar à ideia. O primeiro contacto foi quando o meu grupo foi treinar para junto do seu ginásio. Sabia que estava lá pois tinhamos falado algum tempo antes, e confirmei com o carro à porta pois era o único com roupa pendurada no seu interior (tinham dito que tinha mudado para um daquelas características e assim só podia ser o dela!). Andámos lá às voltas e cada vez que passava pelo carro só pensava "vai ser agora". Mas não foi... se tivesse papel e caneta teria deixado no puxador da porta algo como outrora, algo que lhe tirasse um sorriso no fim de um dia cansativo, mas não tinha... ou talvez não deixasse pois poderia já não achar piada.

E passou..

As nossas conversas continuaram e soube que se propôs a uma prova herculiana: meia maratona. Sempre acreditei nela. Uma pessoa com aquele brilho no olhar só pode vencer em tudo o que se propõe! Foram semanas e semanas sobre o tema e que nos levarou a este à vontade que tínhamos perdido fazia anos, quando rasgámos de um momento para o outro tudo o que tínhamos conquistado até então.
Passou num instante e a data chegou. Sabia que, com sorte, conseguiria voltar a dizer olá ao longe. E foi o que aconteceu. Corri até ao ponto onde se cruzavam os participantes e procurei em cada corpo feminino a Sabrinas, nos calções roxos que era a única informação que tinha. "Olá, força" foi o que saiu. Mal sabia ela que tinha tanta coisa para dizer mais e que o que me apetecia era saltar para o outro lado, dar-lhe um abraço e ajudá-la no que precisasse. Acabar a prova que treinámos virtualmente juntos. Serviu o consolo de ver as fotografias dos participantes e aquele sorriso.
Hoje leio o seu texto e vejo que as vontades são as mesmas. Devia de acreditar nas coincidências! Não sei como vai ser o treino para a próxima prova, mas a vontade é muito maior e partilho de todas as vontades! Hoje ao correr com uma manhã cheia de sol, fui com a treinadora pela primeira vez para os campos (ironia do destino) e a cada canto, cada canteiro verde imaginava-me nas suas palavras...

...e era dela de novo.

 

images.jpeg

 

publicado por artista-magico às 22:17
link do post | comentar | favorito (1)
|

Estás em todo o lado

Não foste a única pessoa por quem tive sentimentos, que vivi histórias e de quem tenho lembranças.. mas quer vá sozinho no carro ou acompanhado de milhares num concerto, as músicas continuam a trazer um único rosto, e é o teu...!

67dd02176779f4b02276c0cf310a0d01.jpg

publicado por artista-magico às 03:44
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Abril de 2016

Resposta

Ainda me encontro "abananado" pelo teu retorno. Não estava à espera.....


Tenho que deixar a minha resposta, pois como disseste foi grande história! O final, ou ausência do motivo para não continuar é que ainda não percebi... por muito duro que seja penso que passados 5 anos aguentaria. Já foi, ultrapassámos esse ponto mas é algo que ficou. Algo que só tu sempre soubeste e que eu nunca saberei a não ser que o reveles.


E já passaram 5 anos... tanto tempo! Ao início ansiava para não te encontrar no supermercado, na rua, etc. Depois apercebi-me que apesar de vivermos na mesma cidade não nos veríamos. Quase só nos tinhamos os dois em comum.

As poucas que te vi foi à noite e não eras em nada a "minha sabrinas". Não te reconhecia com aquela presença, tinhas mudado em tão pouco tempo e confesso que não te queria ver. Como dizem: "longe da vista, longe do coração". Só assim conseguia seguir, não sabendo nada de ti. Confesso que até tirei as notificações do facebook e que ainda hoje não as repuz ( ia espreitando de quando em vez para ver se estava tudo bem contigo)

 

Também já não me recordo como e porquê voltámos a falar por chat. Soube bem o retorno escrito, mas foi igualmente estranho pois não conhecia aquela frieza do "xau beijinhos" desse teu lado. Só conhecia o lado quente que nesses dois anos tinha esfriado. Ainda tentei lutar contra a maré mas já te saia natural e nada podia fazer.
Entretanto, nessas conversas, vi que estavas sem objectivos, perdida, um pouco vazia apesar de aclamares que estavas feliz da vida e enamorada. Aquele brilho que reconhecia estava a apagar-se com a rotina e tentei puxar por ti (Tinhas e tens tanto para dar!). Sabia que devia ser o teu novo amor a fazer, e que se fosse eu a fazê-lo seria ele que teria a melhor parte de ti e eu não, mas não te podia deixar assim e incentivei-te a recomeçar um blog. Um novo, algo que fazias tão bem e que poderia levar-te a alcançar alguns dos teus sonhos. Só posso dizer que o que veio daí me deixou extremamente orgulhoso!

 

Lembro-me da festa que falas, ainda foram algumas as festas que o meu olhar se cruzou com a tua presença. Eram raras as vezes mas parecia iman! Porém virava logo o meu Norte como se fosses uma tentação.. Lembro-me de um concerto que nem era na nossa cidade e nem me interessava muito a banda. Falámos por causa de uma amiga tua e era um pretexto para te voltar a cumprimentar. No meio de milhares, a pedir aos meus amigos para dar umas voltas no recinto, lá te consegui ver, com ela e com o teu namorado. Tu não me viste. Foi estranho e não fui.

 

 

No casamento do casal amigo foi então pior. As tentativas de cumprimentar ali se concretezariam de certeza, e assim foi, anos depois. O arrepio gélido foi mutuo. Tanta coisa que poderia ser dita mas ali estávamos nós, cada um com o seu par. Tanto para dizer mas eles não sabiam de nada nem iriam perceber. Ficámos como se fossemos apenas conhecidos aos seus olhos. Nos meus observáva-vos pelo canto... até que em voz alta disseste que estavas noiva. Não me sentia bem ali. Não me senti bem em estar noutra mesa. Não me senti bem em ver-te a dançar com outro rapaz. Não me quis despedir e saí sem veres, porque percebi que ali é que estava o fim que tanto procurava.

 

Começámos a falar mais vezes. Como se desde sempre tivessemos sido amigos. A falar dos nossos futuros casamentos, luas de mel, filhos... tudo isso cada um por sua conta. Como era possível se nunca tinhamos feito planos os dois? Quem eram aqueles? Pareciam duas histórias inventadas à pressão, floreadas mas sem ponta por onde se lhe pegasse.... antigamente bastava uma pontinha para desbravar mundo sem pensar em planos e consequencias.

 

Tu disseste que te ias casar e acabei por casar até antes, ironia do destino. Não sei o que responder ao teu último parágrafo, mas custa-me saber que só temos uma vida e nunca saberemos o que é o certo.

 Hoje estamos bem um com o outro e apercebi-me que prefiro te ter no meu dia a dia do que não ter. É um gosto começar o dia contigo.

reencontro1.jpg

 

publicado por artista-magico às 15:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Setembro de 2013

Hoje é o teu dia

Confesso que no ano que passou nem me lembrei dele, se calhar não me quis lembrar. Hoje soube-o bem até porque tens feito parte de vários dos meus dias. Gostaria de ter feito parte deste em especial e presenciado um dos teus sorrisos... nem em fotos os tenho visto.. e dá saudades! De preferência ao vivo, quem sabe um dia isso possa vir a ser possível!

Um sorriso para ti, sincero! :) 

Feliz aniversário Sabrinas
 

publicado por artista-magico às 23:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Agosto de 2013

Recomeço do blog?

Voltei a ver-te, sem o brilhar de outrora e quis perceber o porquê, é que passaram-se 2 anos e muitas coisas mudaram! Fui ter contigo, disseste que está tudo maravilhosamente bem e eu tenho de acreditar não é? Espero que sim, pois pareces-me a mesma menina, aquela que me enche de alegria com as tuas palavras e gestos. Aquela... a dos raios de luz, magia nos pés e gargalhadas à flor da pele!


Falámos, descobrimos e parece que conquistámos a paz que não tínhamos um com o outro. Parece que vamos conseguir manter os sorrisos sempre que nos olhármos pois não haverá necessidade de virar a cara nunca mais. É bom... muito bom, e as memórias não o deixam mentir!

Achei estranho ver-te com outra pessoa, acredito que tenhas achado o mesmo da minha parte. Se é ele que te fará feliz, será meu amigo, e desde que falámos em nos conhecermos e estarmos de novo juntos, esta é a música que tem tocado como banda sonora na minha cabeça, como se fosses tu um dia a proferir as palavras, como se fosse eu um dia também... será que em vez de um caminho haverá dois, e apesar de ser uma história diferente da que se pensou, haverá  história? (Tenham umas boas férias)

It's hard to remember how it felt before

Now I found the love of my life...
Passes things get more comfortable
Everything is going right

And after all the obstacles
It's good to see you now with someone else
And it's such a miracle that you and me are still good friends
After all that we've been through
I know we're cool

We used to think it was impossible
Now you call me by my new last name
Memories seem like so long ago
Time always kills the pain

Remember Harbor Boulevard
The dreaming days where the mess was made
Look how all the kids have grown
We have changed but we're still the same
After all that we've been through
I know we're cool 

And I'll be happy for you
If you can be happy for me
Circles and triangles, and now we're hangin' out with your new girlfriend
So far from where we've been
I know we're cool


Tradução:

É difícil lembrar como sentia antes, agora que encontrei o amor da minha vida... Ao longo do tempo torna-se mais confortável e tudo está a ir bem.

E depois de todos os obstáculos é bom ver-te com outra pessoa. E é um milagre que tu e eu sejamos ainda bons amigos, depois de tudo o que passámos, eu sei que estamos bem.

Costumávamos pensar que era impossivel, agora chamas-me pelo meu novo último nome. Memórias parecem tão longe, tempo sempre mata a dor.

Lembras-te de Harbor Boulevard, os dias de sonhos onde as loucuras foram feitas? Olha como todas as crianças cresceram, nós mudámos mas somos os mesmos. Depois de tudo o que passámos, sei que estamos bem.

E serei feliz por ti se conseguires ser feliz por mim. Circulos e triangulos e agora estamos a sair com a tua nova namorada. Até onde fomos, sei que estamos bem. 

 

música: Gwen Stefani - Cool
publicado por artista-magico às 19:04
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Maio de 2011

Se calhar é tempo...

Talvez tenham razão.. Fui muito feliz com este blog, mas agora já só escrevia textos tristes. Textos que esta história não merecia. Era um blog de duas pessoas apaixonadas e não tem lógica continuar a escrever nele sozinho. Agarrei-me às recordações.. continuei com esperanças mesmo sem resposta... mas para bem de todos é melhor parar. A sabrinas merece viver a sua vida. Eu também.

Acabarei aqui a história que comecei noutro blog. Ficarão a saber um pouco mais de nós já que este blog surgiu a meio, em plena felicidade e loucura.

Foi com um post ilustrado por mim que tudo começou e será com um último desenho que esta bela história merece ser acabada.

Espero que apreciem os próximos posts tanto como eu amei fazê-los para a "minha" Sabrinas. 

sinto-me: triste..
tags: , , , ,
publicado por artista-magico às 23:57
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Abril de 2011

O teu silêncio...

sinto-me: sem eco. O q t digo já ñ volta
publicado por artista-magico às 23:33
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Março de 2011

Primeiro fim-de-semana sem ela...

No início da tarde voltarei para junto de todos aqueles que me querem. Já lá vão 3 semanas desde a última vez, como tem sido hábito das ultimas vezes, e as saudades são mais que muitas! Apesar de todas as saudades de familiares e amigos, pela primeira vez vou entrar naquele avião sem a mesma vontade. Há algo diferente. Hoje não vou estar ansioso para que não haja atrasos - Os atrasos faziam com que chegasse mais tarde e chegar tarde implicava que diminuísse a probabilidade de estar com ela.

Mas hoje não vou estar com ela.

Pela primeira vez, sei que não a tenho à espera.

Não sei como vai ser. Tenho tantas saudades de a ter nos meus braços. Que ela queira estar nos meus braços. Como queria que ela viesse ter comigo, me olhasse nos olhos e me tocasse mais uma vez, me deixasse senti-la, vê-la. Como queria estar enganado e não ser o primeiro fim-de-semana sem ela..

sinto-me: com o coração pequeno...
publicado por artista-magico às 10:14
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Sábado, 19 de Março de 2011

Coisas que gostava que soubesses #14

A lua cheia esteve sempre conosco. Esteve na nossa primeira conversa na janela do teu quarto, no nosso primeiro abraço, no nosso primeiro beijo, na noite de amor à varanda, etc. Sempre que calhava um de nós ir para longe (quando foste para o Algarve de férias, e depois eu, por exemplo), ela surgia e fazia-nos companhia. Hoje estaremos mais longe que alguma vez estivemos, tanto físicamente como no coração, e calhou que a lua (desde que nos lembramos de ser pessoas) nunca tivesse estado tão perto, nunca estivesse estado tão grande (Clicar aqui). É estranho... possívelmente estará mais 20 anos sem voltar a estar do mesmo modo e parece que é uma mensagem. Não sei o que me vai dizer, não sei o que vou sentir. Só sei que estarei sentado, a olhar para ela, no topo da serra, ainda mais perto de modo a esperar que me diga algo ao ouvido.

E como quem utiliza a dança da chuva para tentar regar os seus terrenos, eu utilizarei esta música para que algo chova no meu peito a secar.. 

 

"Mais um dia que acaba
e a cidade parece dormir,
da janela vejo a luz que bate no chão
e penso em te possuir.
Noite após noite, há já muito tempo,
saio sem saber para onde vou,
chamo por ti, na sombra das ruas,
mas só a lua sabe quem eu sou.
Lua, lua,
eu quero ver o teu brilhar,
lua, lua, lua,
Eu quero ver o teu sorrir.

Leva-me contigo,
mostra-me onde estás,
é que o pior castigo
é viver assim, sem luz nem paz,
sozinho com o peso do caminho
que se fez para trás...
Lua, eu quero ver o teu brilhar,
no luar, no luar.

Homens de chapéu e cigarros compridos
vagueiam pelas ruas com olhares cheios de nada,
mulheres meio despidas encostadas à parede
fazem-me sinais que finjo não entender.
Loucas são as noites, que passo sem dormir,
loucas são as noites.
Os bares estão fechados já não há onde beber,
este silêncio escuro não me deixa adormecer.
Loucas são as noites.

Refrão

Não há saudade sem regresso, não há noites sem
madrugada,
Ouço ao longe as guitarras, nas quais vou partir,
na névoa construo a minha estrada.

Loucas são as noites, que passo sem dormir,
loucas são as noites.
Loucas são as noites, que passo sem dormir,
loucas são as noites..."

sinto-me: à espera que a lua me fale +1X
música: Pedro Abrunhosa - Lua
tags: , , ,
publicado por artista-magico às 09:03
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Março de 2011

Coisas que gostava que soubesses #13

Eu sei que tinha dito que iria parar com estes posts... mas ainda é mais forte do que eu. Eles irão parar, mas com o tempo.. com a falta de resposta, com a falta de interesse, com a falta de ti.

Hoje vou para a Serra Nevada. Vou recomeçar a viver o momento de forma louca(Era isso que fazia com que tivesse brilho e sei que me perdi). Ontem surgiu o convite, e apesar de ser na véspera, não conhecer bem as companhias, não ter roupa, não ter comer, não ter as coisas prontas nem tempo para a fazer: aceitei. Estava farto de olhares de desilusão por nunca aceitar, de arranjar desculpas acabando por ficar em casa a perder toda a diversão. Vou lá passar o fim-de-semana. Vou passar duas noites de serra e dois dias a fazer ski.

Sabes... já consegui meter na cabeça como as coisas são e como vão ser, mas ainda falta no coração. Assim que decidi ir, bateu cá dento a saudade e o meu primeiro pensamento foi directo para o dia em que prometi que te levaria ver a neve. Lembro-me do teu sorriso quando to disse, e acedita que gostava de o ter cumprido. Com toda a certeza que quando lá chegar vou imaginar as tuas caretas, o teu jeito de resmungar por causa de te estares a molhar, por estares com frio e porque não te disse isto e aquilo. Vou imaginar o teu beicinho e brincadeiras.

Depois talvez me aperceba que não estás lá.. que nao me vais dizer nada.. mas apesar de tudo... e como sempre tem sido, mesmo que não te faça sentido também desta vez: levo-te comigo.

 

 

sinto-me: a tentar retomar a minha vida
publicado por artista-magico às 15:00
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Partes de si (1)

. Que seja como for..

. Distância

. "The end"?

. És MESMO música nos meus ...

. Nervoso

. És música nos meus dias

. BOM DIA!!

. Arte

. Do meu lado

. Sexta

. Ausência

. Sexta!

. Abraços

. O mundo dá cada volta!

. Correr lado a lado

. Estás em todo o lado

. Resposta

. Hoje é o teu dia

. Recomeço do blog?

. Se calhar é tempo...

. O teu silêncio...

. Primeiro fim-de-semana se...

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. É o fim...

. Dá-me um final feliz.

. O meu último pedido

. O que aconteceu?

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. Coisas que gostava que so...

. Dia dos namorados

.arquivos

. Setembro 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds