Terça-feira, 21 de Junho de 2011

A história da Sabrinas e do Artista-mágico - 18 (Último)

As saudades passaram a ser muitas e os momentos partilhados cada vez menos. Estava tudo contra nós, menos o amor.  As promessas que seriam só uma fase, que seria bom para o nosso futuro, faziam-me ter esperança que seria o certo ter abraçado este trabalho.

Mas do dia prá noite, tudo mudou. Disse que precisava de um tempo para estudar e que, quando feito o exame, lutaria por mim com todas as suas forças, porque me amava e porque seria o momento de liberdade que tanto esperámos. Esse tempo passou e apenas me disse que estava melhor assim. Não disse mais nada. Não me explicou o que acontecera ao que tínhamos, qual o motivo, nada. Eu não percebia e pedia para me explicar. Não conseguia dizer que não me amava nem que de mim gostava. Não me dava tempo nem quando lhe pedia... e foi aí, numa noite em que me concedeu 5minutos do seu tempo, a custo, que me deu um abraço frio, virou as costas e, pela primeira vez, vi a parte de trás das sabrinas... a partirem em passos apressados, sem hesitações, sem se virarem para trás.

 (Aguarela sobre papel)

Ainda hoje não sei qual o motivo e penso que nunca virei a saber. Só sei que foi uma história que não passará disso mesmo na vida dela: Uma história. Passada e guardada até o tempo tratar de a fazer esquecer.

Com toda a certeza que viverá histórias melhores que esta que vivemos, mas não viverá uma igual à que poderiamos ter vivido.

Esta foi a história que pensei que fosse a mais bela história de amor, que teria capítulos até ao fim das nossas vidas. Só que acho que acabou...

Sem Sabrinas, também já não sou Artista-mágico.

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por artista-magico às 02:01
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Inês a 21 de Junho de 2011 às 13:10
Olá! Que dizer!...Não sei ,porque as palavras por muito reconfortantes que possam querer ser, iram suar para ti ,sempre ,como pouco, porque a dor que te aperta o peito...é insustentável. Ficam as memórias...ficam para sempre escondidas...mostrando-se de vez em quando, fazendo rolar lágrimas, mas tentando sempre não desistir...seguir em frente. Um beijinho cheio de força.


De artista-magico a 24 de Junho de 2011 às 15:41
Sim, sobrarão as memórias que volta e meia irão fazer questão de vir à tona e durante a vida também haverá momentos que irei achar que tudo poderia ter sido tão diferente. O lixado é só termos esta vida..

Obrigado pelas palavras e força.


De devaneios demarcados a 22 de Junho de 2011 às 11:43
Adoro o post! Está magnífico...

*


De artista-magico a 24 de Junho de 2011 às 15:45
Confesso que não gosto do post.. preferia não o ter escrito... Mas eu entendo que para quem lê é apenas uma história e agradeço pelo comentário: obrigado


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Decisões

. O abraço

. Partes de si (1)

. Que seja como for..

. Não desapegar

. Distância

. "The end"?

. És MESMO música nos meus ...

. Nervoso

. És música nos meus dias

. BOM DIA!!

. Arte

. Do meu lado

. Bom dia!

. Sexta

. Ausência

. Banhos, de simples não te...

. E a esta hora...

. Sexta!

. Abraços

. Longe, mas do teu lado

. O mundo dá cada volta!

. Correr lado a lado

. Estás em todo o lado

. Eram os nossos sábados à ...

. Resposta

. Hoje é o teu dia

. Recomeço do blog?

. Última mensagem

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

.arquivos

. Setembro 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds