Sexta-feira, 25 de Março de 2011

Primeiro fim-de-semana sem ela...

No início da tarde voltarei para junto de todos aqueles que me querem. Já lá vão 3 semanas desde a última vez, como tem sido hábito das ultimas vezes, e as saudades são mais que muitas! Apesar de todas as saudades de familiares e amigos, pela primeira vez vou entrar naquele avião sem a mesma vontade. Há algo diferente. Hoje não vou estar ansioso para que não haja atrasos - Os atrasos faziam com que chegasse mais tarde e chegar tarde implicava que diminuísse a probabilidade de estar com ela.

Mas hoje não vou estar com ela.

Pela primeira vez, sei que não a tenho à espera.

Não sei como vai ser. Tenho tantas saudades de a ter nos meus braços. Que ela queira estar nos meus braços. Como queria que ela viesse ter comigo, me olhasse nos olhos e me tocasse mais uma vez, me deixasse senti-la, vê-la. Como queria estar enganado e não ser o primeiro fim-de-semana sem ela..

sinto-me: com o coração pequeno...
publicado por artista-magico às 10:14
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Março de 2011

Sinto falta

Sinto falta das brincadeiras, dos sorrisos, do coração acelerado, dos arrepios. Sinto falta de tanta coisa, mas basta fechar os olhos e reviver os momentos que as recordações alimentam esses sentimentos. Mas e o resto? Sinto falta de um gesto, de carinho, de um toque, de um abraço. Sinto falta de um beijo de lábios suaves na minha boca. Sinto falta de tocar em pele. Sinto falta do corpo, do calor, do cheiro e do sabor... 

Sinto falta de sentir!

sinto-me: com falta.........
publicado por artista-magico às 23:59
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Março de 2011

O que gostaria de ouvir..

Sempre tive pressa de viver o amor. Passei a minha vida sem saber o que realmente era e quando finalmente o senti quis vivê-lo sem lhe dar tempo. Hoje, dar-lhe-ia todo o tempo de que precisa. Só queria saber que ele ainda existe.

sinto-me: com falta de o ouvir..
tags: ,
publicado por artista-magico às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Sábado, 19 de Março de 2011

Coisas que gostava que soubesses #14

A lua cheia esteve sempre conosco. Esteve na nossa primeira conversa na janela do teu quarto, no nosso primeiro abraço, no nosso primeiro beijo, na noite de amor à varanda, etc. Sempre que calhava um de nós ir para longe (quando foste para o Algarve de férias, e depois eu, por exemplo), ela surgia e fazia-nos companhia. Hoje estaremos mais longe que alguma vez estivemos, tanto físicamente como no coração, e calhou que a lua (desde que nos lembramos de ser pessoas) nunca tivesse estado tão perto, nunca estivesse estado tão grande (Clicar aqui). É estranho... possívelmente estará mais 20 anos sem voltar a estar do mesmo modo e parece que é uma mensagem. Não sei o que me vai dizer, não sei o que vou sentir. Só sei que estarei sentado, a olhar para ela, no topo da serra, ainda mais perto de modo a esperar que me diga algo ao ouvido.

E como quem utiliza a dança da chuva para tentar regar os seus terrenos, eu utilizarei esta música para que algo chova no meu peito a secar.. 

 

"Mais um dia que acaba
e a cidade parece dormir,
da janela vejo a luz que bate no chão
e penso em te possuir.
Noite após noite, há já muito tempo,
saio sem saber para onde vou,
chamo por ti, na sombra das ruas,
mas só a lua sabe quem eu sou.
Lua, lua,
eu quero ver o teu brilhar,
lua, lua, lua,
Eu quero ver o teu sorrir.

Leva-me contigo,
mostra-me onde estás,
é que o pior castigo
é viver assim, sem luz nem paz,
sozinho com o peso do caminho
que se fez para trás...
Lua, eu quero ver o teu brilhar,
no luar, no luar.

Homens de chapéu e cigarros compridos
vagueiam pelas ruas com olhares cheios de nada,
mulheres meio despidas encostadas à parede
fazem-me sinais que finjo não entender.
Loucas são as noites, que passo sem dormir,
loucas são as noites.
Os bares estão fechados já não há onde beber,
este silêncio escuro não me deixa adormecer.
Loucas são as noites.

Refrão

Não há saudade sem regresso, não há noites sem
madrugada,
Ouço ao longe as guitarras, nas quais vou partir,
na névoa construo a minha estrada.

Loucas são as noites, que passo sem dormir,
loucas são as noites.
Loucas são as noites, que passo sem dormir,
loucas são as noites..."

sinto-me: à espera que a lua me fale +1X
música: Pedro Abrunhosa - Lua
tags: , , ,
publicado por artista-magico às 09:03
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Março de 2011

Coisas que gostava que soubesses #13

Eu sei que tinha dito que iria parar com estes posts... mas ainda é mais forte do que eu. Eles irão parar, mas com o tempo.. com a falta de resposta, com a falta de interesse, com a falta de ti.

Hoje vou para a Serra Nevada. Vou recomeçar a viver o momento de forma louca(Era isso que fazia com que tivesse brilho e sei que me perdi). Ontem surgiu o convite, e apesar de ser na véspera, não conhecer bem as companhias, não ter roupa, não ter comer, não ter as coisas prontas nem tempo para a fazer: aceitei. Estava farto de olhares de desilusão por nunca aceitar, de arranjar desculpas acabando por ficar em casa a perder toda a diversão. Vou lá passar o fim-de-semana. Vou passar duas noites de serra e dois dias a fazer ski.

Sabes... já consegui meter na cabeça como as coisas são e como vão ser, mas ainda falta no coração. Assim que decidi ir, bateu cá dento a saudade e o meu primeiro pensamento foi directo para o dia em que prometi que te levaria ver a neve. Lembro-me do teu sorriso quando to disse, e acedita que gostava de o ter cumprido. Com toda a certeza que quando lá chegar vou imaginar as tuas caretas, o teu jeito de resmungar por causa de te estares a molhar, por estares com frio e porque não te disse isto e aquilo. Vou imaginar o teu beicinho e brincadeiras.

Depois talvez me aperceba que não estás lá.. que nao me vais dizer nada.. mas apesar de tudo... e como sempre tem sido, mesmo que não te faça sentido também desta vez: levo-te comigo.

 

 

sinto-me: a tentar retomar a minha vida
publicado por artista-magico às 15:00
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 13 de Março de 2011

Coisas que gostava que soubesses #12

Aproveitei uma pausa da chuva e fui até ao cais que te dei a conhecer. Como estava sozinho retirei a guitarra e comecei a tocar. Lá longe apareceu um vulto. Tinha os cabelos longos e lisos como os teus e acabou por se sentar. Não quis parar e também não me quis aproximar. Tive receio de ver que não eras tu. Claro que não eras tu, mas enquanto lá estive acreditei que eras e que me querias ouvir.. apesar de parecer que já não queres...

  

E uma das músicas dizia:

 

Dá-me vontade de te ter a meu lado vendo-te a olhar para mim
Sei que estou apaixonado mas não posso ficar assim
Deitado num rochedo canto para ti como um pássaro livre que voa sem fim
Porque é que a vida nos trama quando alguém se ama?
Ter de partir e não poder sorrir
Porque é que choras? Porque é que dizes o meu nome sem nunca me poderes tocar?

Tenho saudades de te ver, vontade de te abraçar
Sozinho tocando uma guitarra junto ao mar
Recordo-me de ti e imagino porquê
A tua cara a flutuar
Porque é que a vida nos fascina? Tantas vezes nos domina?
Acreditar que no amor não se sente a dor.. mas é mentira.. mentira... mentira.... 

música: João Pedro Pais - Mentira
tags:
publicado por artista-magico às 23:17
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 12 de Março de 2011

Coisas que gostava que soubesses #11

"Something always brings me back to you... It never takes too long.
No matter what I say or do, I'll still feel you here... until the moment... I'm gone."

música: Sara Bareilles - Gravity
tags:
publicado por artista-magico às 14:07
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 6 de Março de 2011

É o fim...

Não acabámos com um sorriso. Não me explicaste o porquê de tudo ter mudado, só me disseste que te sentes bem assim, sozinha, sem mim, e sinto que nunca vou entender. Digo-te que preferia ter acabado a mal, com gritos, choros, com qualquer motivo que puzesse um ponto final, ou então preferia viver o resto da vida a achar que me amavas mas que não dava por algo de errado, algo que não te deixava. Assim, só sei que não fui o suficiente para ti ao ponto de preferires desistir de lutar.. de preferires ficar sozinha do que com alguém como eu.
Não consigo ainda acreditar. Sabes, parece que se trata de um pesadelo e que apesar de estarmos tão perto, é como se estivesse ainda a 500km e que no próximo fim-de-semana que vier estará tudo bem, que vais aparecer com o mesmo sorriso que voltavas sempre. É o que me parece, mas sei que não é o que vai acontecer. É que não consigo imaginar a minha vida sem ti.
Não consigo perceber como que o "vou-te amar para sempre", "és único", "és o amor da minha vida", "és a minha paixão louca e especial" e todas as outras certezas tenham desaparecido em apenas um mês. Talvez nunca o vá perceber. Não percebo como é que não me queres mais nos teus dias.. na tua vida.. Não percebo como já não queres as nossas noites, como já não queres o meu abraço apertado antes de adormeceres ou como já não desejas o desejo das minhas mãos.. Como já não sou como o tal "Gerry" que tinhas dito no teu penúltimo post. Posso não ter sido sempre a melhor pessoa mas foi porque nunca pude ser eu mesmo, e tu sabes bem disso.

É certo que esse teu novo mundo é empolgante. Estás a "recomeçar", a conhecer nova gente, novas possibilidades, novas diversões, mas nunca me deste a oportunidade de fazer parte desse mundo, de conhecer os teus amigos, de ir contigo para uma discoteca, para um bar. Havia sempre algo que não o permitia e agora que tens essa oportunidade não o queres comigo. É certo que mudou muita coisa e que foste cativada por este novo estilo de vida mas digo-te, toda a gente precisa de amor um dia e tenho pena que não queiras que seja eu essa pessoa. E digo-te, este teu novo mundo seria muito melhor comigo, com alguém que quer estar contigo não porque és linda e graciosa, mas porque te ama por quem és. Sinto que te esqueceste como gostavas de estar comigo, mas eu continuo o mesmo... "separámo-nos" porque disseste que devia ir estagiar para longe, que era bom para o nosso futuro, que o nosso amor era forte e resistiria a tudo, que toda esta situação era uma uma fase, que depois teriamos toda a vida juntos...

Não vou fazer o mesmo que o teu ex-namorado nos fez.. não te vou atrapalhar porque acima da minha felicidade, quero que tu sejas feliz, e se este é o caminho que dará sentido à tua vida, tenho que o aceitar. Será duro. Será duro passar os dias sem as tuas mensagens, sem o desejo que tinhamos por loucura. Será ainda mais duro saber que a vida não volta atrás e que não nos vamos casar, que não vamos acordar juntos todas as manhãs, que não vamos ter filhos e que será toda uma vida sem ti. E que depois desta já não haverá mais nada e nunca mais terei a hipotese de passar os meus dias contigo. Sei que seguiremos as nossas vidas, com outras pessoas, que até poderemos vir a ser felizes, mas não será o mesmo.
Gostava de ter tido uma oportunidade a sério. Gostava de ter tido um último abraço sentido. Gostava de te ter dado um último beijo e saber que seria o último. Ter tido noção do último "amo-te". Minto, gostava que nunca nada fosse a última e que não tivesses dito aquelas palavras. Que não as sentisses. Que esta história não tivesse tido um fim!
Será uma vida sem a minha Sabrinas e tu sem o teu artista-magico, um vazio. Sei que como não temos muitos amigos em comum para nos cruzarmos e que se não lutar por ti que é o fim, mas pelas tuas palavras tu não queres que lute mais.. por isso não o vou fazer então.. e com a maior dor que alguma vez senti acho que... é o fim.

Amo-te Sabrinas. Do teu.. para sempre, artista-mágico

sinto-me: sozinho.. Sem a minha Sabrinas
música: João Só - A Marte
publicado por artista-magico às 13:33
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sábado, 5 de Março de 2011

Dá-me um final feliz.

Dá-me um último sorriso para recordar o que vivemos de coração cheio. Vou querer contar esta história aos meus filhos e netos com uma lágrima de saudade. Vamos acabar em bem. Não deixes acabar em esquecimento e mágoa... senão ficará sempre algo a remoer os nossos corações..

Dá-me um último abraço, um último beijo, um último momento só nosso. Se é o que desejas, vamos acabar com o mesmo sentimento com que tudo começou...

Dá-me um final feliz.

sinto-me: a querer ser teu uma última vz
publicado por artista-magico às 14:59
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Março de 2011

O meu último pedido

Foi por esta altura que te vi pela primeira vez. Vi-te ao longe mas logo reparei que a tua luz era diferente das restantes. Reparei nas tuas sabrinas. Reparei no teu rosto! Toda tão simples e tão linda. Andei semanas para me meter contigo e o coração ficava pequeno sempre que não ias assistir aos jogos. Agora, dois anos depois, depois de vivermos coisas que nunca pensei viver, experiências e sentimentos que desconhecia e com vontade de finalmente te levar para conhecer o mundo de forma feliz, peço-te que, se ainda há esperança, mo digas a olhar para os meus olhos, pois preciso de rever a Sabrinas! Mas.. se já não queres as minhas mãos malucas, os meus abraços apaixonados, o meu perfume na tua roupa, os nossos encontros fugases, o sexo contra a parede, o meu amor especial.. Se não sou o artista-mágico que queres para a tua vida, diz-me também.. Se não sou eu escuso de estar a insistir em sê-lo... seguimos os nossos caminhos.. as nossas vidas um sem o outro.. Mas uma ou outra coisa diz, nos meus olhos, este fim-de-semana.. é a última coisa que te peço: Dá esperança ou um fim à nossa história. 

 

 

sinto-me: a ñ t querer perder pra sempre
publicado por artista-magico às 01:47
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Março de 2011

O que aconteceu?

Tu pediste-me para esperar 4 meses. Para aguentar que depois teriamos uma vida juntos. Que iria ser difícil mas que tinha que ser assim. Disseste que se eu quisesse que podia seguir a minha vida e que mesmo que arranjasse outra pessoa para te substituir no dia que acabasses o teu exame irias lutar por mim com todas as tuas forças! Escreveste posts para eu saber que me continuavas a amar, que eu era o teu artista-mágico, que os teus sonhos passavam por mim!

 

Eu não segui, esperei, estou aqui.

 

E agora... já passaram 5 dias.. porque não me dizes nada? Neste último mês mudaste completamente de ideias? Já não me queres? Já não vais lutar?

sinto-me: cada vez mais longe do sonho
publicado por artista-magico às 01:51
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Decisões

. O abraço

. Partes de si (1)

. Que seja como for..

. Não desapegar

. Distância

. "The end"?

. És MESMO música nos meus ...

. Nervoso

. És música nos meus dias

. BOM DIA!!

. Arte

. Do meu lado

. Bom dia!

. Sexta

. Ausência

. Banhos, de simples não te...

. E a esta hora...

. Sexta!

. Abraços

. Longe, mas do teu lado

. O mundo dá cada volta!

. Correr lado a lado

. Estás em todo o lado

. Eram os nossos sábados à ...

. Resposta

. Hoje é o teu dia

. Recomeço do blog?

. Última mensagem

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

.arquivos

. Setembro 2017

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds