Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010

Fim-de-semana

Deitei-me cedo na sexta para adormecer e não sentir o tempo passar. Acordei com um telefonema. Não sabia as horas, só sabia que era ela a ligar-me. Desejei não atender mas eu amo-te.. podia ter acontecido algo, era impossível não o fazer, e atendi! Do outro lado disseste-me que estavas à minha porta e que me querias dar um abraço. Confesso que não estava a perceber.. era a mágoa, o sono, tudo misturado.. e começei a falar de nós e das chatices. Quando já estavas para desligar, cedi! Apesar de tudo não podia deixar de te ver!!

Desci as escadas, abri-te o portão e tu vieste até mim. Como sempre fizeste o que não estava à espera: sem palavras, deste-me um abraço do qual ainda hoje sinto o carinho! Foi um abraço de quebrar barreiras.. um abraço de fazer chorar por sentir que é aquele que quero para toda a vida!! O abraço.

Era capaz de ter ficado ali horas.. mas pelo meio encontrámos-nos face-a-face. Demasiado perto para resistir. Tocámos os lábios como se fosse o nosso primeiro beijo. Pequenos movimentos como se nos estivessemos a explorar pela primeira vez. Sabia a descobrimentos! Mas provei a língua, quis descobrir tudo o resto e as mãos partiram por elas mesmas!!

 

 

Aquelas meias e o teu vestido eram o rastilho para para as minhas mãos e perdemo-nos (bem como a roupa)! Toda a loucura se tinha concentrado neste único momento e não tivemos limites... Os desejos, as vontades, os fetiches por realizar, a vontade de amar, fizeram com que te virasses de costas para mim e me pedisses para entrar! Tu sempre soubeste como era louco pelo teu rabo.. e ao vê-lo ali à minha frente.. ao tocar-lhe de mãos cheias.. não resisti e percorri-o todo... todo!! E gostaste.. eu senti pelos teus tímidos gemidos! E sentímos tudo o que poderiamos sentir!!!

 

 

 

Foi um momento de explosão!! Tamanha excitação em apenas dois corpos que queriam ser um!!

 

 

 

 

 

 

 

E viemo-nos..

 

 

 

 

 

 

 

 

Ficámos calados. Enamorados. Com a vontade que este momento se tornasse de novo em eternidade!

 

Nessa noite não nos quisemos separar. Não quisemos que fosse o fim, mas sim um recomeço tal como o beijo do início..

 

Isto é o que guardo do que foi o fim-de-semana. Não me deixaste sozinho.

sinto-me: a tua metade. Amo-te d verdade
publicado por artista-magico às 01:53
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010

Primeiro fim-de-semana sem ti

Este será o fim-de-semana em que vou cair em mim. O fim-de-semana que vou aperceber-me que estou mesmo sozinho. Sei que, se sei como vai ser, já o poderia sentir na pele, mas há sempre aquela esperançazinha que surja um furacão e que misture todas as peças do jogo a meu favor! Pelo que só depois de acontecer é que sentirei a dor

Há um mês e meio que não estou mais de 1hora com ela. Que não estamos bem. E agora só estarei perto dela 2 dias.

Tem um jantar num deles e um aniversário de uma amiga noutro. Se estivesse tudo bem até poderia marcar coisas com os meus amigos e deixá-la ir sozinha sem problema. Mas não estão. Tal como há um ano atrás não estavam, quando também foi sem mim e me prometeu que este ano já iria como seu namorado. Um ano passou e diz-me que prefere ir sozinha. Se me ama como é possível dizer-me isto? Como é possível não cumprir as promessas?? Se soubessem que namorávamos e que só nos viamos ao fim-de-semana de certeza que diziam pra eu ir também! Se lhes explicasse e falasse de mim com amor não se importariam que fosse acompanhada!! Era a oportunidade de vivermos o Natal.. passar pelo Porto, pelas ruas enfeitadas de mãos dadas, de me apresentar finalmente às suas amigas, de brincar, de ser feliz, de amar! Só que em vez disso disse-me que não tinha lógica eu ir com ela e depois vir de Braga sozinho! Não tinha lógica aproveitarmos algo magico e depois fazer 120km sozinho pra vir embora... quando mais de 1100 sozinho só para a ver. Este Fim-de-semana vou-me aperceber...

sinto-me: a deixar de ser artista-mágico
publicado por artista-magico às 10:48
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

Foram "Dias contigo"... Vivi "os melhores dias da minha vida"

Este Blog foi criado para relatar os nossos últimos dias juntos. Sabia que seriam 2 ou 3 semanas até partires.. mas o que é certo é que ainda durou 9 meses, por isso não posso recriminar-te. Sabia que um dia iria mudar o título, mas com o passar do tempo comecei a acreditar que isso poderia a não vir a acontecer. Adiei a minha derrota, vivi muitas vitórias, mas perdi.

Eu soube que era mesmo o fim quando me expulsaste do teu carro e me deixaste pra trás a chorar sem te importares.. mas ainda assim insisti e voltei atrás de ti, só que não cedeste. Achas que não dá, que não queres, e eu apenas queria que fizesses de mim teu namorado. Mas parece que não é compatível com a tua vida.. que é o facto de teres que estudar que não te permite namorar.

Queria dizer tanta coisa... chorar todos os sentimentos aqui. Toda a tristeza, toda a revolta, toda a dor e sofrimento da minha alma sozinha. Mas em vez disso vou guardar para mim e agradecer-te por todos estes meses. Apesar de nunca vir a entender, sei que estás melhor assim sem mim senão terias voltado atrás. E sem mim, espero que voltes a sorrir.. que te divirtas nos fins de semana de amigos e que estudes durante a semana para atingires os teus objectivos. Que encontres na tua única vida alguém que nunca sejas capaz de deixar e que te ame pelo menos metade do que te amo. Alguém que te faça surpresas..

Não te desejo nem desejarei nada de mal. Sê feliz.. Sabrinas.

publicado por artista-magico às 23:56
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2010

Fiz tudo o que podia ter feito.

 

*Se me queres na tua vida encontra uma maneira de me pôr lá. Parei de tentar

 

publicado por artista-magico às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 5 de Dezembro de 2010

Dias sem ti

 

Podes saber o que estou a sentir mas não sabes o que é senti-lo..

 

 

Esperei que me ligasses.. pois tu sabias que estava mal, que a minha vida nunca esteve desta forma, mas nem como amiga fizeste a chamada.. não sei o que tens de mais importante que um "amigo" que precisa de ti.. é mesmo triste passar de tudo a nada..

 

sinto-me: a desacreditar...
publicado por artista-magico às 23:58
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 4 de Dezembro de 2010

Sábado diferente...

 

Isto era o que poderia ter:

Mas em vez disso tenho isto:

 

 

 

sinto-me: a ver destruíres o k tínhamos
publicado por artista-magico às 23:34
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010

Um ano e meio

Acabou o dia sem termos trocado um "amo-te". Acabou assim o dia pois pra ti o namoro acabou. Simplemente não queres! Eu queria.. e não consigo deixar de pensar que hoje é sexta e o mais certo era ter seguido à boleia pra cima para te dar um beijo e um abraço. Um daqueles abraços carregados com duas semanas de saudades e com muito amor. Mas não fui. Em vez disso estou aqui sozinho. Mais sozinho que nunca, numa solidão que a cada hora que passa, a cada olhar para o telemóvel sem nada, faz com que destrua mais um bocado do sonho. Dói. Foi o sonho mais belo que tive... um sonho de uma vida feliz. É estranho pois há um ano e meio não te conhecia de lado nenhum, mas consegui ver em ti algo que nunca tinha visto em mais ninguém: a luz. Sem te conhecer, apaixonei-me por ela e apesar de todas as contrariedades nunca deixei de a ver. Foi essa luz que me fez no dia 3 ir ter contigo a perguntar se me abrias a porta para me iluminar. Um ano e meio depois estou a olhar para a mesma porta.. tal como nesse dia:

 

 

"Encontro-me frente a uma porta.

As portas para mim são as escolhas da vida que, ou por elas se passa, ou se continua pelo corredor até à próxima. Existem portas de amizade, de ideias, de caminhos, de tanta coisa! Até para a minha próxima refeição parece um concurso televisivo com várias montras de prémios. Como era de prever nunca são vidradas (muito menos se encontram abertas) o que faz com que nunca saiba o que está do outro lado!

Voltando à minha porta, posso dizer que esta é diferente das restantes pelas quais tenho passado: é incrivelmente simples e está encostada. Dúvido que tenha sido deixada assim de propósito, mas o que é certo é que deixa passar uma luz imensa como jamais tinha visto!

Por si só já seria o suficiente para me deixar a pensar, mas como se não bastasse, também ouvi um riso. Um riso que condiz com a luz, só pode ser de lá!


Pronto... já estou cativado! Só que não sei nada sobre este brilho! Porque brilha? Quem a faz brilhar?


Quero conhecer...


# ' TOC toc Toc ' #

- Posso entrar?"

 

 

 

 

 

sinto-me: a kerer ka resposta seja igual
publicado por artista-magico às 23:32
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Não desapegar

. Distância

. "The end"?

. És MESMO música nos meus ...

. Nervoso

. És música nos meus dias

. BOM DIA!!

. Arte

. Do meu lado

. Bom dia!

. Sexta

. Ausência

. Banhos, de simples não te...

. E a esta hora...

. Sexta!

. Abraços

. Longe, mas do teu lado

. O mundo dá cada volta!

. Correr lado a lado

. Estás em todo o lado

. Eram os nossos sábados à ...

. Resposta

. Hoje é o teu dia

. Recomeço do blog?

. Última mensagem

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

. A história da Sabrinas e ...

.arquivos

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds